“Em Nome do Pai”: Saiba mais sobre a próxima novela das 9

O autor Walcyr Carrasco não teve muito tempo de férias depois do término da telenovela Gabriela, exibida na faixa das onze na Rede Globo. Ele volta com a mesma equipe e boa parte do elenco na próxima novela das 9 da casa, Em nome do pai, que irá substituir Salve Jorge a partir do dia 10 de Junho, sob a direção de Mauro Mendonça Filho, com tons de drama e comédia misturados. O título do folhetim é totalmente provisório e já foi chamado anteriormente como Em nome do filho por causa de um registro de longa-metragem idêntico ao provisório. De acordo com Walcyr Carrasco, o dono do registro da marca não renovou o pagamento, o que lhe garante registrá-lo em seu nome sem conflitos judiciais.

A equipe de produção já está em ação para começar as gravações. A partir do dia 18 de Fevereiro, o elenco se reunirá para o primeiro workshop de construção dos personagens. No entanto, estas gravações já deveriam ter começado há duas semanas, o que fez com que Salve Jorge, de Glória Perez, fosse esticada. O atraso se deve à dificuldade encontrada por Walcyr Carrasco e Mauro Mendonça Filho em escalar todo o elenco da telenovela, que terá quase 100 nomes. No início do mês de Fevereiro, a equipe só havia confirmado a metade do elenco, ou seja, 50 nomes.

Com o objetivo de alavancar a audiência de Salve Jorge e recuperar os índices deixados por Avenida Brasil, de João Emanoel Carneiro, o folhetim Em nome do pai apostará em personagens homoafetivos e evangélicos, para se aproximar deste público na vida real. A trama terá quatro personagens gays, sendo que um deles é o antagonista principal da trama. Walcyr Carrasco quer que o tema seja abordado de forma natural e que não seja uma estratégia de marketing. O questionamento principal da novela é: Existe ex-gay?

O elenco da telenovela é formado até o momento por Paolla Oliveira, Antônio Fagundes, Susana Vieira, Mateus Solano, Thiago Fragoso, Marcello Antony, Tatá Werneck, Bárbara Paz, Danielle Winits, Raquel Villar, Malvino Salvador, Leandra Leal, Klara Castanho, Leona Cavalli, Rosamaria Murtinho, Nathalia Timberg, Cássia Kis Magro, José Wilker, Fúlvio Stefanini, Elizabeth Savalla, Fernanda Machado, Ary Fontoura, Neusa Maria Faro, Maria Maya, Maria Pinna, Fiuk, Vera Holtz, Maitê Proença, Anderson Di Rizzi, Paulo Vilhena, Lima Duarte, Mauro Mendonça, Júlio Rocha Bruna Linzmeyer, Rodrigo Andrade, Giovanna Lancelotti, Gabriel Chadan, Juliano Cazarré, Caio Castro, Mohamed Arfouch, Vanessa Giácomo, Luís Mello, Marcelo Médici, Gonzalo Heredia, André Garolli, Ricardo Tozzi, Carolina Kasting, Vera Zimmermann, Françoise Forton, Emílio Orciollo Neto, Genézio de Barros, Fabiana Karla, Marina Ruy Barbosa, Nathália Rodrigues, Carol Abras, Felipe Titto, Sandra Corveloni, Renata Tobelem, Camila Chiba, Gabriel Chadan, Daniel Uemura, Christiane Tricerri e Paula Braun.

A sinopse gira em torno de um erro médico por parte de uma enfermeira, que irá acarretar na morte de um paciente, e o cenário principal da telenovela Em nome do pai será um hospital localizado em São Paulo, cidade escolhida como ambientação. O hospital será alvo de uma disputa ferrenha entre Paloma, personagem de Paolla Oliveira, e Félix, personagem de Mateus Solano, que serão irmãos no folhetim.

Paloma é a protagonista da trama, uma mulher que dá a luz a uma garota dentro de um banheiro de bar. O bebê será sequestrado pelo irmão dela, Félix, o antagonista da história, e jogado em uma caçamba. A garota será encontrada por Bruno, personagem de Malvino Salvador. Já Félix é um gay enrustido que vive um casamento de fachada com Edith, encarnada por Bárbara Paz, que desconhece a sua condição e vive uma vida sexual frustrada.

Outra personagem de destaque será Waldirene, interpretada por Tatá Werneck, recém-contratada pela Rede Globo. Ela será uma alpinista social, funkeira de classe média baixa, que tenta subir na vida tentando engravidar de jogadores de futebol e músicos de pagode. No entanto, a personagem se tornará uma evangélica no decorrer da trama, sem caricaturas, conforme prometeu o autor Walcyr Carrasco.

Também tem o Tadeu, personagem de Paulo Vilhena, que será um tradicional mordomo durante o expediente diurno e um DJ badalado no período noturno, porém, ninguém sabe da sua vida dupla.

Outros dois atores terão destaque no folhetim por encarnarem personagens gays. Um deles é Marcello Antony, que interpretará o ex-gay que faz jus ao tabu principal da novela, um advogado bem sucedido, e terá um relacionamento com a personagem de Danielle Winits, que deixa a novelinha teen Malhação nos próximos dias. O segundo é Thiago Fragoso, que não terá férias com o término da novela das seis, Lado a Lado. Ele terá um relacionamento com outro personagem gay, cujo ator não foi divulgado. Os personagens irão adotar e criar uma criança, formando desta forma a abordagem do tema: adoção por casais homoafetivos.

Top
%d blogueiros gostam disto: