Chorão morreu de overdose de cocaína, confirma laudo

chorao

Agora já é confirmado: segundo laudo do Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte do cantor Chorão no dia 6 de março foi mesmo uma overdose de cocaína. O vocalista da banda Charlie Brown Jr. tinha 42 anos e foi encontrado morto em seu apartamento, na Zona Oeste de São Paulo.

O exame apontou que o corpo do cantor apresentava 4,7 microgramas de cocaína por mililitro de sangue. “Ele abusou da cocaína naquela noite, e isso agravou o estado de saúde, que já estava bastante comprometido”, explica o delegado Itagiba Franco.

O envolvimento de Chorão com as drogas já era um problema antigo na vida do cantor. A própria ex-esposa dele, Graziela Gonçalves, confirmou à imprensa que os dois haviam se separado por conta de ele ter voltado a usar cocaína. “Infelizmente eu perdi a guerra. Essa praga mundial, que é essa droga, que está acabando com tudo, ganhou”, lamentou Graziela Gonçalves.

(Felipe Brandão)

Top
%d blogueiros gostam disto: