“Joia Rara”: saiba quem matou esposa de Ernest

ernest_hauser

Os últimos capítulos de Joia Rara vão revelar enfim a identidade do assassino de Catarina Hauser (Mariana Mac Niven), a primeira esposa de Ernest Hauser (José de Abreu). Nem Ernest, nem Heitor Zampari (Íshio Ghelman), tampouco Manfred (Carmo Dalla Vecchia). A verdadeira responsável pela morte da mãe de Franz (Bruno Gagliasso) terá sido Gertrude (Ana Lúcia Torre).

A governanta tomará coragem e confessará o crime logo após a morte de Manfred. Mesmo abalada pela perda do filho, Gertrude se sentirá grata a Ernest por tê-lo defendido dos tiros da polícia e decidirá esclarecer o acontecido há mais de 20 anos.  “Você não foi o culpado pela morte de Catarina, Ernest. Fui eu que matei sua mulher!”, bradará, diante do ex-patrão e do delegado de polícia.

Ernest ficará confuso e dirá estar certo de ter provocado a morte de sua esposa. “Eu empurrei a Catarina, ela bateu com a cabeça… Você chegou depois, quando ela já estava morta”, contestará ele. É aí que Gertrude explica que já vinha há tempos envenenando Catarina, por meio de uma substância sem saber nem cheiro, que não deixava vestígios no sangue, e o qual a governanta colocava em todas as refeições da falecida. Por essa razão, a mãe de Franz e Víktor (Rafael Cardoso) já estava gravemente doente quando o acidente aconteceu.

As motivações do crime são claras. “Eu achava que, com a morte da Catarina, seria a próxima senhora Hauser… Mas não foi o que aconteceu”, confessa – e lamenta-se – Gertrude. “Catarina morreu, não por causa da pancada na cabeça, mas porque naquela manhã eu havia colocado uma dose do veneno maior que a habitual.”

Gertrude é presa pelo delegado ali mesmo, logo após a confissão. Ela amargará seus últimos dias na cadeia.

Joia Rara chega ao fim no dia 4 de abril (sexta-feira) e será substituída por Meu Pedacinho de Chão, que estreia na segunda-feira, 7.

Matéria publicada no Portal Overtube em 26/03/2014 às 11h00 AM

Top
%d blogueiros gostam disto: