Exclusivo: Após “Boogie Oogie”, Fernando Belo vai encenar “Memórias Póstumas de Brás Cubas” em Nova York

fernando belo

Portal Overtube – De férias da telinha desde o fim de Saramandaia, na Globo, o ator Fernando Belo já tem dois novos grandes projetos pela frente. O rapaz de 29 anos fará uma participação especial em Boogie Oogie, novela que substituirá Meu Pedacinho de Chão a partir de agosto, e se prepara para estrelar uma montagem genuinamente brasileira na cidade de Nova York, nos Estados Unidos.

A peça em questão é uma versão teatral e contemporânea do clássico literário Memórias Póstumas de Brás Cubas, escrito por Machado de Assis em 1880. The Posthumous Memoirs of Brás Cubas – o título traduzido em inglês – estreará em outubro no conceituado Theater Row de Nova York, como parte da programação do United Solo Festival.

A transposição do livro para os palcos acontece quando Brás Cubas, já falecido, decide transformar a própria biografia em um espetáculo teatral, na tentativa de obter a glória e o conhecimento que não logrou em vida. Lançando mão das mais variadas linguagens cênicas, como vídeo, teatro de bonecos e mímica, a montagem busca reproduzir a estética literária utilizada por Machado de Assis no texto original. “Machado escreve como se Brás Cubas não estivesse nem aí para as regras da escrita e criasse o livro como bem entendesse – e é assim que estou fazendo com a peça”, contou Fernando Belo com exclusividade ao Portal Overtube.

Brasmod11
Fernando Belo encarna o monólogo nos ensaios de “Brás Cubas”

Na TV, Fernando adquiriu notoriedade como o prefeito Lua Viana na novela Saramandaia, no ano passado, e já teve um papel em Dance, Dance, Dance (2007), folhetim musical da Band. Além de interpretar sozinho o monólogo de Brás Cubas, ele divide a adaptação do roteiro com a americana Amanda Shank e assina ainda o figurino, os cenários e a trilha sonora do espetáculo.

“Acredito que teatro que não dialoga com os tempos atuais não tem razão de ser. Brás Cubas faz uso do palco para criar uma espécie de ‘selfie teatral’, um espetáculo que retrata sua trajetória. Aproveito esse gancho para abordar como as mídias sociais podem servir como espaço cênico, abrindo um espaço virtual para que a história tenha vida fora do teatro”, explica o artista, que mora em Los Angeles desde 2010.

Para reforçar o lado “modernizado” e interativo de Brás Cubas, Belo e sua equipe criaram perfis para o protagonista nas redes sociais. Sim, Brás Cubas tem Twitter, Tumblr, Instagram e até um site – tpmofbrascubas.com, escrito em língua inglesa e pelo qual todas as plataformas podem ser acessadas.

Por essas mídias, o personagem interage com o público e com personalidades, dividindo etapas da criação de sua “sublime peça autobiográfica”. “Nas minhas últimas viagens ao Rio de Janeiro, tenho trazido o personagem comigo. Coloco seu figurino e vou para a Rua do Ouvidor, a Tijuca e outros cenários do livro fazer minha pesquisa para a peça. Nessas idades e vindas, Cubas registra sua impressões e lembranças e as coloca nas redes sociais”, complementa.

A abertura de The Posthumous Memoirs of Brás Cubas em Nova York será no dia 25 de outubro. Fernando Belo e sua companhia de teatro, The Moving Art Collective, têm planos de trazer o espetáculo para uma temporada no Brasil em um futuro bem próximo: “Não temos data certa, mas é certeza que acontecerá no ano que vem.”

Enquanto isso, Fernando poderá ser visto em breve na tela da Globo nos primeiros capítulos da novela Boogie Oogie, escrita pelo moçambiquense Rui Vilhena. Ele viverá Alex, noivo da heroína Sandra (Ísis Valverde), que morre em um acidente de moto no dia do casamento dos dois.

Poster ufest

Top
%d blogueiros gostam disto: