Você Está Aqui!
Home > Famosos > Marcos Pasquim lamenta não interpretar personagem gay na novela “Babilônia”

Marcos Pasquim lamenta não interpretar personagem gay na novela “Babilônia”

[whatsapp]

Marcos Pasquim, o Carlos Alberto da novela Babilônia, lamentou não ter tido tempo de sair do armário no folhetim da Globo. Na previsão inicial, sairia de cena o cara viril, visto em outras tramas, para entrar um gay, personagem inédito na sua carreira.

Ao falar do novo rumo de Carlos Alberto — que deixou de viver um romance com Ivan (Marcello Melo Jr.), como previa a sinopse original, para se envolver com Regina (Camila Pitanga) -, o ator se mostrou um pouco frustrado, mas confiante com a trajetória de seu personagem.

“Eu me preparei para fazer um personagem. Ao meu ver, o grupo de discussão foi feito muito cedo. Mas faço parte de um time, os técnicos (autores) é que mandam. Se mudam, vamos nessa. Quero que o time ganhe. Infelizmente, não vingou por causa do grupo”, revelou ao jornal Extra, referindo-se ao pedido feito (e acatado) por mulheres num grupo de discussão sobre a novela, que não queriam vê-lo como homossexual.

Para Pasquim, a reação positiva à relação do novo casal da novela das 9 se dá pelo fato de o público não ter tido a oportunidade de vê-lo como um gay. “Ninguém viu o outro Carlos Alberto porque ele não teve tempo de sair do armário. Ele ficou muito tempo fechado, mas o jeito da Regina, batalhador, guerreiro, o encantou. Eles vão namorar mesmo, terão noites de amor, e Carlos fará tudo para ela virar a página do Vinícius (Thiago Fragoso)”.

Apesar da mudança de direção, Pasquim se mostra otimista com os novos rumos do seu personagem. “As pessoas estão gostando do namoro dele com Regina. Quando me abordam, comentam com animação. E eu também nunca tinha trabalhado com a Camila, e está sendo bem bacana”, garantiu.

Top
%d blogueiros gostam disto: