Resumo Semanal: “Rei Davi” – 30/11/2015 a 04/12/2015

Capítulo 011 – 30/11/2015
Davi chega de mais uma batalha. Bate-Seba observa sua chegada e lembra que um dia Davi lhe salvou a vida. Laís, sua mãe, a contém em sua animação. Davi é mais aclamado que Saul, e ele não gosta. Fecha o sorriso e olha de uma forma diferente para Davi. Seu olhar é de inveja. Davi não percebe e continua sorrindo, festejado pelas mulheres. Saul vocifera com Abner seu desgosto pela fama de Davi. Abner instiga ainda mais a raiva do rei. De repente, Saul tem uma epifania: Davi é o novo ungido de Deus. Abner fica espantado com a dedução do rei. Selima conta a Jonatas que conseguiu engravidar. Davi entra na tenda de Jonatas e diz ter escutado Saul esbravejar. Ele pede ajuda para acalmá-lo. Teme que o mau espírito tenha voltado. Davi e Jonatas entram na tenda de Saul.

Eles observam por alguns segundos, perplexos. Davi aflito toca sua harpa e Saul atira uma lança contra ele. Samuel se despede de Aimeleque, pronto para partir em sua peregrinação. Ele está doente e tosse sangue. Jonatas e Abner seguram Saul. Seu filho o convence de que Davi não é inimigo. O rei, sinceramente arrependido, pede que chamem Merabe pois ele irá recompensá-lo como prometido, com a mão de sua filha. Mical se vê sem saída e conta a Ainoã que Merabe não é mais virgem. Joabe e Davi conversam sobre a atitude do rei quando Ziba, servo de Saul, diz que o rei o chama em sua tenda. Davi fica surpreso. Saul dá a entender que finalmente vai casar sua filha Merabe com Davi, mas seu semblante muda. Ele tem uma última exigência para que o casamento aconteça, mais uma vitória. Davi aceita, satisfeito e confiante. Merabe conta a Adriel o que Mical fez. Saul dá uma missão sigilosa para Abner e Doegue: garantir que Davi não volte da guerra. Ziba ouve escondido a conversa.

Ziba se espanta ao ouvir as ordens de Saul, esbarra em algo e faz barulho. Ele convence Saul, que acaba de chegar, trazendo o vinho e os serve. Samuel esconde o lenço sujo de sangue para que Aimeleque não veja. Bate-Seba tenta agradar seu marido Urias, mas é tratada com a mesma indiferença de sempre. Ziba troca o segredo que acaba de ouvir na tenda de Saul por um beijo de Tirsa, serva de Jonatas e Selima. Abner reúne o exército para batalha. Esbaal treme pois nunca foi à guerra. Ainoã não se conforma com o medo do filho.

Capítulo 012 – 01/12/2015
Jonatas manda sua mãe se retirar e tenta acalmar o irmão. Soldados partem para a guerra. Algumas moças sorriem para Davi, seduzidas por ele, que sorri de volta, mas sem maldade. Jonatas entrega uma bela espada a Davi. Esbaal observa a cena enciumado. Davi acena para Merabe, apaixonado, e Mical sente ciúmes. Selima fica sabendo das intenções de Saul e corre para avisar Jonatas, mas passa mal. Quando Tirsa vai ajudar, ela manda que a serva avise Jonatas.

Tirsa chega tarde demais e, para disfarçar o nervosismo, conta a Ainoã que Selima está passando mal. Aionã é venenosa e diz a Selima que, mesmo nascendo, seu bebê não vai sobreviver. Selima fica revoltada e a expulsa da tenda. No fundo, ela sabe que sua gravidez está mesmo em risco. Soldados trazem de volta ao acampamento Adriel, que está ferido na perna. Ainoã não permite que Merabe o ajude. Ainoã conta que Merabe prefere se casar com Adriel e Saul concorda prontamente. O rei conta seus planos a Ainoã, que se surpreende com a atitude. Sem demora, Merabe e Adriel se casam enquanto Davi está na guerra. Dias se passam. Soldados chegam da guerra comemorando.

À frente de todos está Davi. Ele puxa seu cavalo, que carrega Esbaal ferido na batalha. Atrás de todos, Abner e Doegue acompanham o pelotão de cara fechada. Saul sai feliz da sua tenda, mas se fecha ao ver Davi intacto e aclamado por todos. Tirsa não consegue disfarçar a preocupação com Selima e Jonatas corre para ver sua esposa. Mical ignora Paltiel, que tenta puxar conversa. Merabe conta a Davi que já se casou e o herói fica com o coração em pedaços. Mical assiste tudo satisfeita. Tirsa conta a Jonatas o que aconteceu com Selima e sobre o casamento de Merabe.

Capítulo 013 – 02/12/2015
Jonatas confronta o pai, que fica preocupado com sua honra diante de seu povo. Ainoã aparece com a solução: Davi casa-se com Mical. Davi se lamenta com Joabe quando Abner chega para lhe contar que Mical será sua nova esposa. Davi não se convence. Acha que é muito pobre e que o rei não vê com bons olhos seu casamento com uma de suas filhas. Saul pede que Abner avise Davi que abre mão de um dote contanto que ele traga cem prepúcios filisteus. Davi aceita o desafio.

Mical não se conforma com tarefa a ser cumprida por Davi. Abner agarra Rispa. Eles se beijam, mas ela agora é concubina do rei. Rispa se afasta e Abner fica ainda mais apaixonado. Davi ataca soldados filisteus em uma trilha na floresta. Selima conta a Jonatas os planos de Saul para Davi. Nervosa com a situação, ela fica zonza. Jonatas pede que ela se acalme e vai confrontar seu pai. Tirsa e Selima se espantam com o sangue na cama, Jonatas já havia saído.

As duas acham que o bebê morreu e choram. Jonatas briga com Saul, quando, de repente, Davi entra na tenda e entrega não cem, mas duzentos prepúcios para Saul. O rei segura a fúria com um sorriso amarelo. Um soldado filisteu conta a Aquis sobre o ataque surpresa liderado por Davi. Saul ordena Abner, Doegue e Esbaal que matem Davi após a noite de núpcias. Jonatas chega e ouve algo suspeito. Ele lembra Saul da promessa que fez de não ferir Davi. Saul diz que vai manter a promessa. Davi se casa com Mical.

Capítulo 014 – 03/12/2015
prossegue a cerimônia de casamento. Saul é cínico e finge para os noivos que está muito feliz. Jonatas observa o pai com preocupação. Aitofel externa com sua família a insatisfação com o rei. Laís fica receosa. Todos admitem que Davi vence todas as guerras que lidera e que Israel precisa de um novo rei. Aimeleque celebra o casamento. Merabe e Adriel ficam satisfeitos por tudo ter dado certo. Selima observa grávidas na festa com pena, preocupada com a sua gravidez. Jonatas consegue animá-la um pouco. Davi apresenta Mical para seus pais. Para alegria de Abner, Saul quer descansar e pede que ele acompanhe Rispa na festa. Mas Rispa ainda prefere manter distância. O general fica nitidamente magoado e Ainoã observa tudo de longe.

Allat vai procurar Doegue no acampamento e percebe manchas brancas em sua pele. Saul devaneia em lembranças de como Davi surgiu em sua vida. Ele se corrói em inveja e preocupação. Jonatas vê quando o pai faz um sinal para Abner e fica preocupado. Abiatar, bêbado, tenta agarrar Tirsa e Ziba se enfurece, empurrando-o. O levita cai no chão, trôpego e gargalhando. Aimeleque se enfurece e tira o filho dali. Jonatas conta a Davi que Saul quer matá-lo. Davi acha que há algum engano e diz que nunca vai abandonar o rei. Jonatas conta que Saul desconfia que ele é o novo ungido. Davi gela, sem jeito, tenta disfarçar e vai para tenda ficar com Mical.

Allat crava as unhas no braço de Doegue, que sangra. Ele não sente nada. O soldado fica desesperado quando a feiticeira diz que ele está com lepra. Abner vê o sangue e Doegue inventa que foi atacado por um animal selvagem qualquer. Saul manda Eliabe comparecer em sua tenda após a festa. Davi e Mical iniciam sua noite de núpcias. Davi percebe uma estátua dentre os tecidos e pede explicações. Mical diz ser de Merabe e ele acredita. Ele pede que Mical aconselhe sua irmã a não fazer mais isso. Saul pressiona Eliabe para confessar que Davi é o novo escolhido de Deus. Joabe vê Eliabe saindo tenso da tenda de Saul. Pergunta se contou o segredo de Davi e ele nega.

Capítulo 015 – 04/12/2015
Mical se vira no leito e desperta. Ela vê Doegue e Abner a um passo de tirar o manto de Davi. Ela vai gritar, mas Doegue coloca um pano em sua boca. Quando tiram o pano, Abner diz que Saul quer falar com Davi. Mical manda dizer ao rei que Davi está doente. Ainoã pede que Jonatas arrume outra mulher para ter um herdeiro e ele a deixa falando sozinha. Selima pede que Tirsa durma com Jonatas e dê um filho a ele. Abner puxa o manto do leito de Davi e aparece uma estátua da deusa Ishtar com pêlos de cabra. Davi foge a cavalo. Mical diz para Saul que Davi a ameaçou caso ela atrapalhasse sua fuga. Saul manda Abner trazer Davi de volta. Esbaal fica chateado porque quer ir mas seu pai o manda ficar. Abner convoca seus homens e diz que Davi é um traidor.

Joabe é o único que o defende. Joabe deixa o exército e pergunta se Eliabe o acompanha. Ele diz que vai ficar e ser fiel a Saul. Tirsa reluta em aceitar a proposta de dormir com Jonatas, mas Selima é enfática. Jonatas entra em meio à discussão e quando descobre do que se trata também fica revoltado. Joabe os interrompe e conta que Davi fugiu e Saul mandou seus homens atrás dele. Davi já está bem distante. Ele para e pede ajuda de Deus.

Abner e os outros avistam Davi e se aproximam com cautela. Os soldados se preparam para atacar, mas Davi os percebe e corre. Ele é muito rápido e consegue ganhar distância. Davi se esconde no topo de uma árvore e todos passam sem vê-lo. Ao descer, Eliabe, seu irmão o pega pelo pescoço e pressiona contra a árvore.

Top
%d blogueiros gostam disto: