Monica Iozzi diz que vai recorrer de decisão judicial: “Não houve ofensa”

Monica Iozzi não vai acatar a decisão da justiça que condenou a atriz a pagar uma indenização de R$30 mil para o ministro do STF Gilmar Mendes. Monica comunicou por meio de sua assessoria que pretende recorrer da sentença e que acredita não ter havido ofensa alguma ao ministro.

“Os advogados de Monica Iozzi irão recorrer da decisão. Vale ressaltar que a atriz reafirma que não houve qualquer tipo de ofensa ao ministro, mas sim a expressão de uma opinião sobre um fato público a respeito do julgamento de um médico que chocou o país. Médico acusado e condenado por ter abusado sexualmente de dezenas de suas pacientes”, declarou a atriz em nota.

Monica Iozzi foi processada por Gilmar Mendes por uma postagem que fez em seu Instagram comentando o fato do ministro ter concedido habeas corpus a Roger Abdelmassih, médico condenado a 278 anos de prisão em 2010 por ter estuprado 37 pacientes em seu consultório. Na ocasião, a atriz postou uma foto de Gilmar com os dizeres “cúmplice?” e escreveu na legenda “Se um ministro do STF faz isso nem sei o que esperar”.

Top
%d blogueiros gostam disto: