Correção dos resumos da novela “Escrava Mãe” dos capítulos de 10 a 21 de outubro de 2016

Capítulo 94 – Segunda-feira, dia 10 de outubro, (S.78)

A festividade na Vila continua. Miguel se afasta, apressado e some. Osório caminha rapidamente atrás dele, até que passa diante do armazém e vê o Capitão do Mato diante de Átila, Tomás e Charles. Ele se detém por uns instantes. Maria Isabel pede que Tito Pardo a leve até a Vila. Tito Pardo diz que não pode porque precisa ficar com Beatrice. Maria Isabel se irrita. Teresa aparece e diz que Maria Isabel trata os escravos muito mal e que desconfia que tenha feito algo à Juliana. Maria Isabel diz para Teresa que castigou Juliana para ela aprender a ficar longe de Miguel. Teresa se assusta com a raiva de Maria Isabel e diz que ela é uma pessoa ruim, fria e sórdida. Na Vila, as pessoas se reúnem em volta da placa para aguardar a solenidade. Guilherme chama Loreto para retirar a fita e o pano da placa. Irani volta para casa e Nestor fica feliz em saber que a esposa vai assistir à apresentação. Tozé, Belezinha e Dalia chegam para irem juntos à festividade. Loreto desamarra a fita da placa  e Guilherme, Almeida e Urraca se assustam ao ler a placa: “Praça Madame Rosalinda Pavão”.  Rosalinda e as florzinhas disfarçadas aplaudem. Loreto sai do seu estado de choque e manda os soldados prenderem Rosalinda e as florzinhas. Soldados avançam e florzinhas começam a fugir. Há uma correria no local, causando certa confusão.  Tito Pardo conversa Sapião para acalma-lo. Sapião ficou nervoso quando soube que Juliana vai embora e a culpada é Maria Isabel. Miguel e Juliana conversam. Miguel diz que pediu para frei Abilio anular o casamento com Maria Isabel e para Átila depor contra ela. Líder aparece e diz para todos se protegerem porque tem capitão do mato por perto. Osório, escondido, tenta ver dentro da cabana. Ele não consegue avistar Juliana e Miguel. Quando ele sai do esconderijo, encontra alguns quilombolas ali com lanças, facões, poucas armas. Líder pede para prenderem Osório, que foge. Miguel sai da cabana com Juliana sem ser visto por Osório. Átila conversa com Filipa. Filipa pergunta se Átila ainda ama Maria Isabel.  Catarina toca harpa para Quintiliano. Ela o agradece por te-la recebido. Ela faz um carinho no rosto de Quintiliano e depois o beija na boca. Beatrice conversa com Maria Isabel e diz que Miguel nunca será apaixonado por ela e que o casamento é uma farsa. A mãe pede para a filha reconhecer seus erros e aprender com eles.  Átila diz à Filipa que a ama e que quer se casar com ela. Ele revela à Filipa que se envolveu no passado com Maria Isabel e que não contou isto para que ela conseguisse se casar com Miguel. Átila diz que está arrependido e que Miguel pediu que ele reparasse esse erro. Tomás pergunta para Violeta se foi ela quem trocou o nome das placas. Rosalinda e florzinhas são levadas para a cela na delegacia.  Violeta diz que só queria ajudar Rosalinda mas acabou prejudicando. Tomás tenta beijá-la mas ela corta o clima. Almeida tira satisfação com Guilherme sobre a troca de nomes da placa. Violeta vai à delegacia e pede para Loreto soltar Rosalinda e as florzinhas por ser a culpada da troca de placas. Dália e Tozé se apresentam na trupe. Em seguida Nestor aparece vestido de arlequim e está muito tenso.  Ele começa a cantar e Urraca começa a jogar tomates em todos da trupe. Zé Leão retira Nestor dali e o conduz para o solar.  Já em casa, Almeida e Urraca estão indignados com o que aconteceu. Maria Isabel aparece e pergunta por Miguel. Almeida diz que ele saiu mais cedo da Vila. Maria Isabel diz que a aliança entre eles acabou e sai batendo a porta. Catarina, Esméria, Tozé e Rebeca conversam. Esméria está estranha e Catarina pergunta para Rebeca se alguém humilhou Esméria na festividade. Rebeca diz que não viu nada. Rosalinda e as florzinhas são soltas e voltam para e pensão. Rosalinda pega um envelope e pergunta que deixou ali. Petúnia que foi ela em nome do Dr. Pacheco. Ele não gostou nada do que aconteceu e foi pressionado.  Falou que Rosalinda e as florzinhas têm dois dias para deixar o lugar.  Nestor é consolado por Zé Leão e Irani. Almeida discute com Teresa e pede que ela não se intrometa nos assuntos do engenho. Maria Isabel vai atrás de Átila para saber onde Miguel está. Ele se recusa a dizer. Maria Isabel agarra Átila e o beija. Neste instante Filipa aparece e flagra os dois. Rosalinda discute com Petúnia e diz que vai ter uma conversa séria com a senhora Pacheco. Átila tenta se explicar para Filipa. Maria Isabel piora a situação dizendo que ele a ama. Átila nega e diz que foi beijado a força. Miguel, Juliana, Catarina, Esméria e Tozé conversam sobre um local seguro para deixar Juliana. Catarina diz para ficar na casa dela que ela mesma cuidará de Juliana. Nesta hora batem na porta: é Maria Isabel. Todos ficam chocados.

 

Capítulo 95 – Terça-feira, dia 11 de outubro, (S.79)

Miguel, Juliana, Esméria, Catarina, Rebeca e Tozé estão nervosos, sem ação ao ver Maria Isabel chegar ao solar. Juliana segura a mão de Esméria e pede que não conte que está ali. Átila discute com Filipa por causa de Maria Isabel que foi procurar por Átila. Filipa pede que Átila prove que não tem mais nada com Maria Isabel e faça algo a favor de Miguel. Átila promete contar ao frei Abílio conforme Miguel havia pedido. Rosalinda ameaça Petúnia contar quem é ela para o dr. Pacheco. Maria Isabel vai até a casa de Catarina para falar com Esméria. Miguel e Juliana estão escondidos no quarto. Maria Isabel desconfiada, pede para conhecer o quarto de Esméria. Tozé ouve a conversa e avisa Miguel e Juliana que estão no quarto com Catarina e Rebeca. Esméria diz que Maria Isabel foi embora e todos ficam aliviados. Juliana agradece Esméria. Charles vai até Rosalinda e lhe entrega uma bolsa com pertences de sua filha Marieta que faleceu. Rosalinda chora, muito emocionada. Irani tenta agradar a Nestor que está chateado por ela não ter ido ver sua apresentação e ter se importado com Miguel e Juliana. Miguel vai dormir no chão ao lado da cama de Maria Isabel que se irrita com a situação e discutem. Filipa treina capoeira com Genésio. Frei Abílio está receoso diante de Átila que revela que deveria ter impedido o casamento de Miguel  e que Maria Isabel inventou os motivos e explica que se envolveu com ela antes de Miguel. Teresa, Beatrice e Urraca tomam o desjejum e comentam sobre a placa da praça com o nome de Rosalinda. Dália conta a Rosalinda que a mulher do dr. Pacheco faleceu. Guilherme conversa com Quintiliano que se esforça pra dizer que precisa encontrar um pretendente parar Filipa. Irani e Belezinha já se espantam diante de Rosalinda, Dália e Violeta que pedem abrigo. Belezinha intefere e deixa que elas se hospedem. Urraca surge na porta acompanhada de Gonzalina e se espanta com o que vê. Nestor pede a Miguel que deixe ajudar Juliana. Frei Abílio encontra com Miguel e diz que vai dar um jeito de dar entrada no pedido de anulação do seu casamento e Miguel se surpreende. Átila pede a mão de Filipa em casamento a Quintiliano. Tozé vai até a casa de Beatrice para convidar Teresa para um chá conforme pedido de Juliana. Beatrice recusa e Tozé faz que vai sair e deixa cair um rolinho de papel. Maria Isabel se aproxima e pega o papel e diz que pressente que o conteúdo lhe interessa e Tozé entra em pânico.

 

Capítulo 96 – Quarta-feira, dia 12 de outubro (S.80)

Tozé está espantado diante de Maria Isabel, que segura o rolinho de papel na mão. Beatrice observa e estranha. Maria Isabel lê o papel e reage surpresa. Miguel visita Juliana e a beija. Átila se declara a Filipa. Quintiliano toca a sineta sem parar e com dificuldade responde que não permite o namoro. Nestor está surpreso diante de Irani que atirou um caqui em Urraca. Nestor fica irritado ao ouvir que Irani deixou Rosalinda e as florzinhas se hospedarem no solar. Dr. Pacheco entra na pensão e implora a Rosalinda que confirme que Petúnia passou a noite na pensão, pois está sendo ameaçada de ter matado sua esposa e querem castiga-la na praça. Rosalinda fica indignada em saber que querem apedrejar Petúnia na praça em que tem seu nome. Maria Isabel fica com o papel que Tozé deixou cair e diz que irá cuidar de tudo. Teresa desconfia e se aproxima de Tozé que lhe entrega outro bilhete com o pedido de Juliana. Osório vai até a casa da condessa se desculpar do episódio da venda de Esméria. Catarina tenta fechar a porta mas Osório impede. Osório reage ao ver Miguel vindo do interior da casa. Teresa tem a carta de Juliana nas mãos e se emociona e chora. Maria Isabel está séria com o bilhete de Tozé nas mãos e diz para si mesma que Juliana não sobreviveu e que tudo acabou. Maria Isabel queima o bilhete e observa, de forma doentia. Tomás aconselha Átila ir embora. Guilherme fica irritado diante de Filipa e diz que pensa em casá-la com um senhor de posses e Filipa o interrompe. Guilherme e Filipa discutem mais ainda e Filipa ameaça fugir caso a proíbam de se casar com Átila. Almeida fica surpreso ao ouvir de Osório que viu Miguel na casa da Catarina. Almeida aconselha Osório a entrar de madrugada na casa da condessa sem ser visto e descubra o que Miguel e Catarina escondem por lá. Átila procura Filipa e entra na casa pela janela com uma rosa na boca. Filipa pega a flor e se beijam. Teresa conta a Tia Joaquina que Juliana está viva e está bem, Tia Joaquina se emociona. Petúnia é levada a câmara a força por alguns populares, revoltados. Urraca ouve de Tirinda que Petúnia enfeitiçou Dr. Pacheco e desde que entrou na casa a esposa dele foi de mal a pior. Urraca se anima e apoia o castigo em Petúnia. Rosalinda chega, revoltada. Maria Isabel conta a Beatrice que quer ir embora da Engenho do Sol para viver uma nova vida com Miguel. É grande a confusão na câmara com Petúnia no palanque e Loreto tentando soltá-la. Urraca desrespeita Loreto e Rosalinda interfere. Rosalinda revela a todos que Urraca já frequentou a pensão para atrair um senhor poderoso para debaixo dos lençóis. Todos se espantam e a confusão cessa para ouvirem Rosalinda e que ainda revela que Urraca teve um filho com Quintiliano. Guilherme chega e dispersa a todos e diz que sem provas, não podem acusar Petúnia. Nestor proíbe Irani de sair de casa, porque também está correndo perigo. Teresa está sentada na cama, emocionada, com a carta de Juliana nas mãos e cartas para o filho a seu redor quando Maria Isabel chega. Maria Isabel diz que vai embora com Miguel e se aproxima de Teresa que esconde as cartas. Maria Isabel faz que vai colocar a mão na barriga de Teresa que se esquiva. Maria Isabel estranha e levanta o lençol e encontra as cartas. Maria Isabel lê as cartas e diz que não cartas para o seu bebê e sim uma carta para Juliana, para espanto de Teresa. Maria Isabel se descontrola e pega uma faca que estava por ali e ameaça Teresa caso não revele onde Juliana está escondida.

 

Capítulo 97 – Quinta-feira, dia 13 de outubro (S.81)

Teresa está apavorada diante de Maria Isabel, que continua com a faca na mão e nega que a carta de Juliana seja recente. Miguel agradece Átila por ter contado a verdade ao frei Abílio sobre sua relação no passado com Maria Isabel. Na câmara Almeida está nervoso e diz que não pode ser irmão de Guilherme que também se recusa a acreditar e Rosalinda confirma o romance entre Urraca e Quintiliano. Petúnia ainda muito abalada, é acolhida por Violeta e Dália na pensão. Petúnia reconhece que foi injusta com Rosalinda. Loreto entrega a carta de renúncia do cargo na câmara e dá um soco em Almeida. Após briga com Maria Isabel, Teresa chora e é consolada por Beatrice. Tito Pardo corre para avisar Beatrice que Maria Isabel está a ponto de fazer uma loucura com Sapião na senzala. Maria Isabel está com uma faca no rosto de Sapião e exige que revele aonde está Juliana e Beatrice chega e interrompe. Urraca revela que teve uma aventura com Quintiliano e Almeida fica chocado. Rosalinda e Petúnia conversam, sérias. Rosalinda diz que vai embora e Petúnia tenta impedir. Dr. Pacheco chega na pensão e ouve o que Rosalinda diz e não a deixa partir e faz uma proposta de transformar a pensão num teatro e Petúnia apoia. Miguel propõe a Beatrice que escreva uma carta para o frei Abílio e explique os motivos das crises de Maria Isabel com o intuito de facilitar o pedido de anulação do casamento. Guilherme chega em casa furioso e pega Quintiliano pela roupa e questiona sobre Almeida. Quintiliano fica chocado, sem reação e Guilherme o sacode com raiva e o joga no chão. Petúnia procura por Átila e diz que precisa contar algo muito importante sobre Maria Isabel. Petúnia revela a Átila que Jasmim é sua filha. Almeida fica furioso ao saber que Maria Isabel ameaçou Teresa com uma faca. Almeida entra no quarto de Maria Isabel, furioso e avança sobre sobre ela segurando o pescoço. Miguel dorme no chão do quarto e acorda assustado.

 

Capítulo 98 – Sexta-feira, dia 14 de outubro, (S.82)

Maria Isabel tenta se desvencilhar de Almeida, que a segura pelo braço enquanto Miguel observa, tenso. Petúnia está bastante atordoada, diante de Átila que continua espantado. Irani fica brava com Belezinha por ter deixado Urraca se hospedar no solar. Urraca chega com Gonzalina e Irani não deixa Urraca ficar na casa e diz que teve uma ideia. Osório entra no solar da condessa Catarina coberto com um capuz. Juliana dorme, mas tem o sono agitado, parece ter um pesadelo. Esméria também dorme. Almeida entra na senzala com Maria Isabel pelo braço, seguido por Miguel. Os escravos estranham e Maria Isabel grita por socorro. Almeida manda os escravos saírem. Almeida pede a Zé Leão as correntes e Miguel tenta impedir e avança pra cima de Almeida e é contido por Zé Leão. Almeida prende Maria Isabel que grita para que Miguel a tire dali. Átila perturbado diante de Petúnia quando chega Filipa e se depara com os dois. Átila pede a Petúnia que vá embora e começa a chorar diante de Filipa que fica surpresa. Loreto conversa com Dr. Pacheco e diz que Rosalinda o pediu em casamento, mas não pode casar com ela porque já é casado. Dália que estava por ali sem ser vista e reage, muito surpresa. Miguel tenta soltar as correntes de Maria Isabel, com algumas chaves, sem sucesso. Almeida proíbe que Beatrice e Teresa saiam do engenho. Miguel vem da senzala e diz a Beatrice que não conseguiu soltar Maria Isabel. Beatrice com raiva culpa Miguel e Tito Pardo tenta contê-la. Urraca é levada para a casa antiga de Nestor e olha em volta, com desprezo. Charles encontra Petúnia que chora, triste. Charles tira um lenço do bolso e entrega para Petúnia. Charles conforta Petúnia. Tozé vê Osório dentro de casa e não percebe quem é. Tozé pega um objeto pesado e faz barulho e Osório se vira assustado e Tozé grita por socorro, que tem um ladrão na casa. Esméria e Catarina saem de seus quartos para ver o que acontece. Catarina diz que o suspeito estava à procura de Juliana. Filipa tenta acalmar Átila, que está muito nervoso. Tia Joaquina se aproxima, devagar, com uma cuia na mão. Maria Isabel encara, com ódio. Maria Isabel joga o caldo no rosto de Tia Joaquina. Tomás vai a procura de Violeta que conversa com Charles e fica enciumado. Urraca reclama da cama que dormiu e Átila chega e questiona sobre Jasmim que é sua filha e Urraca se espanta com a declaração de Átila. Filipa chocada diante de Guilherme a saber da possibilidade de ser imrã de Almeida. Juliana desperta e se surpreende ao ver Miguel ali, observando-a. Almeida está diante de Maria Isabel na senzala e segura o chicote. Maria Isabel está assustada, mas procura se manter firme. Almeida solta Maria Isabel e diz que Almeida irá se arrepender do que fez. Esméria corre para ver Maria Isabel que está exausta e pede que Emséria vá embora. Maria Isabel diz que não quer falar com Esméria. Esméria diz que tem algo muito importante para falar com Maria Isabel e que é sobre Juliana. Maria Isabel se surpreende.

 

Capítulo 99 – Segunda-feira, dia 17 de outubro, (S.83)

Esméria vai até o Engenho do Sol para conversar com Maria Isabel. Maria Isabel a princípio a trata com indiferença mas depois pergunta de Juliana. Esméria diz que Juliana não morreu e que ela vai fugir com Miguel. No Solar da Condessa, Miguel e Juliana estão com Catarina e planejam a fuga. Miguel diz que Juliana será levada até o porto dentro de uma caixa. Lá terá um barco os aguardando para viajarem até outro porto para pegar uma embarcação. Juliana fica preocupada de Maria Isabel prejudicar outras pessoas e Miguel conta que a sinhá foi castigada por Almeida. Na câmara, Dr. Pacheco diz para Guilherme entregar a carta de renúncia e ele se elegerá como o presidente. Guilherme concorda ser a melhor atitude. Almeida vai tirar satisfação com Quintiliano e discute com Filipa. Ele diz que, se realmente for filho de Quintiliano, será o mais velho e Filipa deverá obediência a ele. Almeida fica de frente com Quintiliano e pergunta se ele é realmente o seu pai. Belezinha conversa com Urraca sobre o baile que havia prometido. Átila pergunta à Teresa por Juliana e diz que tem um assunto muito grave pra conversar com ela. Maria Isabel está irritada diante de Esméria com a notícia de que Juliana está viva. Esméria diz para Maria Isabel continuar acreditando que ele está morta e deixe o Miguel achar que está tudo bem. Alguns dias depois, manda alguém atrás dele que, na certa, encontrará Juliana. Maria Isabel gosta da idéia. Neste momento, Átila bate na porta do quarto e entra perguntando sobre a filha deles. Todos se espantam. Nestor conversa com Irani e diz que Zé Leão pode ajuda-los a convidar os senhores da Vila para o baile de Belezinha. Tomás vai até a pensão conversar com Violeta. Ele pede sua mão em casamento. Almeida e Quintiliano discutem e num momento de muita raiva Quintiliano diz que Almeida não é seu filho e que ele nunca fará parte de sua família. Violeta diz a Tomás que não aceita se casar porque ele tem de seguir os planos do pai. Tomás se decepciona e se declara à Violeta. Ela diz que não pode se casar com ele. Tomás se decepciona. Átila grita com Maria Isabel para saber sobre a filha Jasmim. Teresa interrompe e diz que Petúnia revelou que a filha era de Almeida. Maria Isabel diz que Átila está descontrolado e mentindo. Átila, furioso, revela saber de toda a história. Todos ficam surpresos. Rosalinda conversa com Petúnia. Petúnia se diz arrependida por ter contato ao Átila sobre Jasmim. Dália corre atrás de Tomás para dizer que Violeta vai voltar atrás na decisão e no final os dois vão se casar. Tomás acredita em Dália mas fica um pouco confuso. Urraca conversa com Miguel e diz que tem uma informação muito importante que ouviu de Átila sobre o bebê que acreditava ser sua neta. Teresa fica chocada com as coisas que Átila falou sobre Jasmim. Urraca conta para Miguel que Petúnia contou a Átila que Jasmim é filha dele com Maria Isabel. Urraca se diz espantada com a atitude de Maria Isabel em abandonar uma criança. Miguel desconfia da bondade de Urraca e vai embora. Teresa conta tudo para Beatrice. Beatrice fica muito preocupada com a situação de Maria Isabel e tenta conversar com a filha. Maria Isabel diz para a mãe que quer ficar sozinha no quarto. Almeida fica muito nervoso com Guilherme e Dr. Pacheco sobre a presidência da câmara. Esméria se encontra com Juliana e conta o que aconteceu com Maria Isabel. Juliana fica assustada. Esméria diz que foi lá para que Juliana conseguisse fugir com Miguel. Juliana desconfia e diz que Esméria sempre será fiel à Maria Isabel. Esméria diz que não importa o passado e que neste momento ela foi fiel à Juliana e Miguel. Juliana agradece Esméria. Miguel se encontra com Átila, Beatrice e Teresa na sala do Engenho do Sol. Átila diz para Miguel que ele estava correto sobre Maria Isabel ter o manipulado. Eles conversam sobre o que Maria Isabel fez e questionam sobre existir mais alguma testemunha. Teresa fala de Tia Elza. Todos ficam em silencio, já que a única prova já faleceu.  Catarina conversa com Osório. Ele desconfia porque foi expulso da casa dela. Catarina que as coisas mudaram depois da chegada da irmã. Ela diz que quer comprar escravos para Esméria. Catarina dá um saco de moedas pra Osório e ele diz que não irá decepciona-la. Rebeca conversa com Filipa e pergunta se Guilherme aceitaria se casar com Esméria. Ele escuta tudo. Ele diz que nunca se casará com uma mulher negra. Miguel fala para Beatrice e Teresa darem um documento de liberdade à Juliana e que pediu anulação do casamento. Maria Isabel se faz de boazinha e pede desculpas a Tia Joaquina, Tito Pardo e Sapião. Catarina Tozé e Juliana conversam sobre o tamanho das caixas que serão usadas na fuga Juliana entra em uma caixa para saber o tamanho. Almeida entra sem avisar. Todos se assustam.

 

Capítulo 100 – Terça-feira, dia 18 de outubro, (S.84)

Catarina se impõe diante de Almeida, que mantém os olhos fixos na caixa onde Juliana está escondida. Tozé está ao lado, tenso. Juliana olha de dentro da caixa por uma fresta. Catarina desafia Almeida e tira uma arma e aponta pra ele. Almeida se espanta. Catarina manda Almeida se desculpar diante de Esméria de joelhos. Almeida cede e se ajoelha devagar. Enquanto fala, Almeida aproveita que está ajoelhado, perto do chão, e observa a caixa pela mesma fresta por onde Juliana também olha. Juliana está aflita, diante de Catarina, Tozé e Rebeca e diz para cancelar o plano de fugir com Miguel e alega que o Almeida a viu pela fresta da caixa quando se abaixou para se desculpar com Esméria. Almeida está parado, em frente à carroça, um tanto agitado. Átila chega ali, apressado e acusa Almeida de saber de tudo, e de ter ajudado Maria Isabel sumir com Jasmim. Petúnia pelo caminho, vê Átila e Almeida discutindo e se esconde. Átila e Almeida discutem e Átila dá um soco em Almeida e o derruba no chão. Charles conversa com Violeta que está triste e diz que Tomás a ama. Violeta revela que tem medo de se casar com Tomás por causa de seu passado. Belezinha está surpresa diante de Dália ao ouvir que Loreto é casado. Almeida volta pra casa seguido por Urraca que tenta o consolar. Almeida esbraveja e começa a chorar ao falar da rejeição do pai. Nestor e Petúnia procuram conter Átila, que continua revoltado. Maria Isabel fala com Zé Leão que sabe que Juliana está viva e que pretende fugir com Miguel. Maria Isabel diz a Zé Leão para seguir Miguel. Dália está revoltada com Belezinha que não vai convidá-la para o baile. Rosalinda confidencia com Loreto e explica o que aconteceu na juventude quando seu pai a flagrou com um namoradinho e a expulsou de casa. Rosalinda relembra quando chegou a vila e chora, Loreto ouve tudo e tenta não chorar. Beatrice encara Maria Isabel e diz que se realmente ela teve um bebê, precisam se juntar a Átila para encontra-lo. Maria Isabel continua a negar. Rosalinda conta que Violeta é sua neta e Loreto abraça Rosalinda e fica surpreso, mas agradece por ter confiado nele. Loreto hesita um pouco, mas toma coragem e revela a Rosalinda que é casado. Rosalinda ataca Loreto e o expulsa da pensão e atira tudo que vê pela frente em Loreto. Petúnia caminha pela rua e se depara com Almeida. Petúnia tenta mudar de calçada, mas Almeida a puxa pelo braço. Miguel está muito surpreso diante do frei Abílio que tem um papel na mão. Frei Abílio diz que seu casamento com Maria Isabel foi anulado e Miguel agradece muito. Átila recebe sua máquina de tipografia. Átila conversa com Filipa e decidem adiar o casamento. Filipa concorda, porém promete fidelidade ao amor de Átila deixando tocar a gráfica junto dele. Átila hesita. Tia Joaquina conversa com Miguel que se despede para fugir com Juliana. Juliana diante de Tozé, Catarina e Esméria pronta para entrar na caixa e partir. Todos se emocionam. Tozé ajuda o carregador a colocar a caixa com Juliana em cima da carroça. Osório passa pelo carregador e observa as caixas com certa curiosidade. Sapião está nervoso, anda de um lado pro outro, enxuga as lágrimas com raiva. Tito Pardo o consola. Maria Isabel dorme. Na mata Miguel abre a caixa e Juliana sai de dentro e eles se abraçam. Eles sorriem um para o outro. Um barulho de tiro e Miguel já sente que foi atingido.

 

 

Capítulo 101 – Quarta-feira, dia 19 de outubro (S.85)

Juliana fica bastante assustada ao perceber que Miguel está sangrando no ombro. Miguel diz ao capitão que Juliana é uma mulher livre e mostra os papéis. Capitão e Miguel começam a lutar. Tia Joaquina limpa os olhos e o lenço fica sujo de sangue. Sapião fica preocupado. Capitão imobiliza Miguel e tenta pegar Juliana. Ela escapa e acerta capitão com um golpe de capoeira. Osório aparece de surpresa para falar com Catarina e diz que conseguiu as peças antes do tempo. Catarina fica impaciente e pede que Osório se retire.  Urraca conversa com Teresa e oferece ajuda. Urraca conta para Teresa que Almeida pode ser filho de Quintiliano. Teresa se assusta ao saber que Almeida e Guilherme podem ser irmãos. Beatrice espera Maria Isabel acordar com uma carta que a filha escreveu para Miguel em mãos. Maria Isabel se assusta com a mãe ao acordar e lhe conta toda a verdade. Beatrice sai do quarto decepcionada com a filha e diz para Maria Isabel fazer o que quiser com a carta. Capitão briga novamente com Miguel e aponta uma arma para Juliana. Miguel cai no chão. Zá Leão aparece por ttrãs do capitão e lhe dá uma coronhada. Capitão cai desacordado. Zé Leão, Juliana e Miguel fogem pelo mato para pegar a embarcação.  Teresa e Urraca conversam e Beatrice se aproxima. Urraca conta para Beatrice sobre Almeida ser filho de Quintiliano. Almeida entra na sala e pede para a mãe sair de uma vez por todas de sua vida. Loreto e Dr. Pacheco conversam sobre Rosalinda. Loreto diz que Rosalinda não entende que o casamento dele é só por conveniência. Filipa se aproxima de Quintiliano e diz que quando o pai estiver recuperado precisam conversar. Quintiliano beija a testa de Filipa e diz para ela chamar os irmãos para conversarem e saberem a verdade.   Teresa oferece ajuda a Almeida. Ele a trata com rispidez e diz que não é irmão de Guilherme. Almeida reforça que não quer ver Teresa conversando com Guilherme para uma coisa pior não acontecer.  Zé Leão pede para Juliana e Miguel esperarem enquanto procura alguma erva para colocar no ferimento de Miguel. Eles não desistem de fugir pra pegar a embarcação. Pacheco diz para Rosalinda que Loreto irá embora da Vila no dia seguinte. Esméria conversa com Tozé e se diz ansiosa pelo primeiro baile da sociedade. Ele diz para Esméria esperar por uma vingança de Almeida depois que Catarina o fez se ajoelhar. Maria Isabel entra na sala em que está Almeida. Ele está muito nervoso e a manda sair de lá. Maria Isabel se insinua a Almeida soltando uma das fitas que prende seu vestido. Miguel conta para Juliana que Beatrice escreveu uma carta de liberdade para ela. Zé Leão coloca ervas no machucado de Miguel. Beatrice diz a Tia Joaquina que vai pedir para um médico cuidar do olho dela. Beatrice lamenta e pede desculpas pelas atitudes de Maria Isabel e chora. Quintiliano conta para todos os filhos já reunidos a mãe deles o traia com escravos. Ele conta que Joana contraiu a peste que era uma doença vinda da Europa e que as pessoas doentes eram expulsas da Vila. Por isto não deixou a notícia da doença se espalhar.  Joana achou que tinha virado prisioneira de Quintiliano por mais que ele tentasse explicar a realidade. As correntes foram usadas para que Joana não se machucasse mais tentando fugir. Foi assim que surgiu a história que Quintiliano fez Joana de escrava depois que descobriu a traição. A família se emociona. Maria Isabel se veste e Almeida diz ironicamente que esperava mais dela e que Esméria e Petúnia foram melhores. E diz que até Juliana seria melhor. Maria Isabel ameaça dar um tapa na cara de Almeida. Ele a ameaça. Quintiliano se arruma e diz que vai até o Engenho do Sol. Capitão do Mato vai até o engenho do Sol conversar com Almeida. Tia Joaquina diz para Teresa que coisa boa não é. Maria Isabel pergunta de Miguel para Zé Leão. Ele diz que Miguel deve ter dormido na casa de Nestor. Maria Isabel pede que ele fique lá e espere Miguel sair. Zé Leão diz que não trabalha mais no engenho e que não lhe deve mais obediência. No barco, Juliana e Miguel, felizes, se distanciam da Vila. Capitão do Mato conta para Almeida o que aconteceu e que Zé Leão o bateu para dar cobertura à juliana e Miguel.

 

 

Capítulo 102 – Quinta-feira, dia 20 de outubro (S.86)

Almeida revoltado ao saber que Ze Leão ajudou na fuga de Juliana e Miguel. Ele oferece emprego de feitor ao capitão do mato que não aceita. Almeida pede como último favor que despache uma carta para que a informação da fuga chegue a uma determinada pessoa. No porão do navio, Juliana percebe que Miguel está suando muito e fica preocupada. Tia Joaquina na cozinha derruba comida e panela por não enxergar direito. Beatrice acorda e tem alucinações e chama Tito Pardo de Quintiliano. Tito Pardo fica preocupado. Beatrice sai do quarto e pergunta para Maria Isabel sobre seu pai. Tito Pardo diz que Beatrice não está falando nada com nada. Almeida pergunta se Tito Pardo estava no quarto de Beatrice. Maria Isabel acha que a mãe se envolveu com o escravo e fica pensativa. Guilherme convida Catarina e Esméria para um jantar como uma forma de agradecer pelos cuidados de Catarina quando Quintiliano ficou doente. Beatrice sai gritando pelo gramada e Tito Pardo atrás dela. Beatrice acha que Tito Pardo é Quintiliano e o beija. Quintiliano e Filipa chegam em uma charrete e veem a cena.  Todos ficam em choque. Teresa se aproxima da mãe enquanto Quintiliano, em choque, fala para Filipa que quer ir embora e se afastam. Beatrice desmaia e Tito Pardo e Teresa a acodem. Rosalinda vai atrás de Loreto que já está aguardando o transporte para sair da Vila. Eles se encontram e Rosalinda diz que o perdoa. Os dois se beijam apaixonados. Maria Isabel vai até a casa de Catarina e diz à Esméria que precisam conversar. Quintiliano fica em casa nervoso com o que viu. Dr. Pacheco diz a Tia Joaquina que ela precisa descansar para o olho melhorar. Maria Isabel pergunta com raiva à esméria sobre o paradeiro de Miguel e Juliana. Esméria diz que não sabe de nada. Maria Isabel a humilha, mas Esméria diz que sabe de seus segredos, inclusive que matou seu próprio pai e a expulsa de casa. Maria Isabel sai humilhada. Zé Leão está no armazém ajudando Nestor. Almeida aparece, puxa Zé Leão pela gola da camisa e pergunta, com muita raiva, para onde fugiram Miguel e Juliana. Filipa encontra com Maria Isabel na direção do galpão. Maria Isabel discute com Filipa e tenta lhe dar um tapa na cara. Filipa se esquiva e acerta um golpe de capoeira em Maria Isabel, que cai em uma poça cheia de lama. Filipa se afasta vitoriosa e Maria Isabel com raiva. Almeida, muito alterado, ameaça Zé Leão. Ele diz que não sabe onde Juliana e Miguel estão e que não trabalha mais para ele. Juliana cuida de Miguel que está mais febril. Zé Leão está nervoso, mas é acalmado por Irani e Nestor. Eles ajudam o amigo oferecendo um emprego no armazém. Almeida recebe um bilhete anônimo marcando um encontro para informar o paradeiro de Juliana e Miguel. Zé Leão prepara uma pasta feita de plantas para fazer a barba do amigo Nestor e depois cortar seu cabelo. Na festa de Belezinha, todas ansiosas para o baile. Nestor aparece todo arrumado mas com o cabelo, barba e bigodes verdes. Urraca dá gargalhadas. Átila prepara os panfletos para serem distribuídos na Vila com a ajuda de Filipa. Estes panfletos pedem ajuda para encontrar Jasmim. Tomás insiste que Violeta se case com ele. Ela diz que tem um segredo para contar. Belezinha se decepciona que não tem ninguém no salão da festa. Esméria é a única que comparece. Tia Joaquina está sendo cuidada por Sapião. Teresa pergunta se Tia Joaquina se sente melhor e também quer saber quando terá noticias de juliana. Sapião diz Miguel e juliana conseguiram fugir. Maria Isabel escuta e solta um grito. Todos se assustam. Almeida vai ao encontro anônimo. Petúnio caminha pela rua e o avista de longe. Petúnia vê um vulto atrás da árvore apontando uma arma para Almeida. Ela grita e um tiro é disparado. O vulto foge e Almeida cai no chão.

 

Capítulo 103 – Sexta-feira, dia 21 de outubro, (S.87)

Petúnia socorre Almeida que está no chão. O vulto escapa rapidamente, Petúnia vê alguém fugindo, com uma capa preta, sem poder identificar. Crisaldo e o soldado correm na direção de Petúnia apontou. Maria Isabel está furiosa com Teresa, Tia Joaquina e Sapião. Ela grita e diz que vai castigar todos. Teresa pede calma. Sapião se impõe e diz que Maria Isabel fez maldade pior com Juliana e Tia Joaquina. Maria Isabel sai dizendo que vai atrás de Juliana até o fim do mundo. Violeta conta a Tomás porque não aceita casar com ele. Conta que um homem a assediou no dia em que ela dançava feliz com o pedido de namoro de Tomás. Tomás compreendeu o motivo e a abraçou. Ninguém vai ao baile de Belezinha. Irani e Nestor ficam preocupados e encontram Dália, triste, esperando na frente do baile, escondida atrás de uma lata de lixo. Dália fica sabendo que não foi ninguém e tem uma ideia. Petúnia leva Almeida para a pensão. Lá dr. Pacheco presta os primeiros atendimentos. Guilherme vai até o Solar Condessa. Rebeca o recebe e diz que não tem ninguém. Rebeca diz que ele tem reservas com pessoas de cor. Guilherme diz que foi a sua criação. Rebeca diz que ele passou por cima de seus ensinamentos quando não deixou claro se casaria com Esméria. Guilherme pergunta se Rebeca está com ciúmes. Eles se olham e Rebeca lhe dá um beijo. Catarina entra e flagra os dois. Dalia corre para a pensão e, para ajudar Belezinha, pega as roupas dos senhores que são usadas nas festividades para vestir alguns bêbados e leva-los ao baile. Dr. Pacheco diz que não foi nada grave o que aconteceu com Almeida e concluem que foi uma emboscada o que aconteceu. Almeida vai embora. Três florzinhas entram disfarçadas como o nobre senhor e seus filhos. Além dos paletós, usam chapéus, bigodes e barbas falsas. As florzinhas fazem uma reverência a Belezinha, que limpa o rosto com pressa e também se curva a eles. Dois mendigos entram ali, só que vestidos de paletó e chapéus. Belezinha faz uma reverência sem desconfiar de nada. Maria Isabel conta a Almeida que Teresa sabia da fuga de Juliana. Ela pede que Almeida puna Zé Leão. O baile já está bem cheio. Florzinhas, mendigos e curiosos disfarçados de senhores comem, bebem riem e dançam.  Zé Leão entra e fica satisfeito em ver que conseguiram encher a casa. Genésio entra disfarçado na festa e vai até Esméria. Ela se assusta e ele se declara. Ela diz que vai se casar com um senhor e não com um escravo. Ele dá um anel à Esméria e vai embora. Ela fica surpresa e balançada. Urraca começa a desmascarar os convidados, vai arrancando bigodes e chapéus a medida que passa por eles. Florzinhas e mendigos são desmascarados. Belezinha pergunta se Dália tem alguma coisa a ver com isto. Dália diz que sim e que fez isto apenas para a festa não ficar vazia. Miguel compra um caderno no navio e dá de presente para Juliana. Ela diz que fará um diário da viagem para mostrar a Isaura. Beatrice acorda e Tito Pardo conta o que aconteceu no dia anterior. Ela pede desculpas. Bã Teixeira conta a Quintiliano e Filipa que na Vila todos comentam a emboscada a Almeida. Filipa pergunta se o pai tem algo a ver com isto. Nestor briga com Urraca dizendo que ela estragou tudo e que se ela quiser ficar terá de pagar aluguel. Ela diz que não tem como e ele joga um avental para Urraca para que ela trabalhe no armazém. Tozé conta para Catarina e Esméria e movimentação na Vila por causa dos panfletos. Rebeca aparece e conta do atentado a Almeida. Esméria pergunta se Catarina estaria envolvida com isto. Almeida muito alterado diante de alguns senhores, inclusive Guilherme e dr. Pacheco. Ele diz que precisam colocar um capitão urgentemente no lugar e indica o senhor Osório. Todos ficam chocados. O barco em que Miguel e Juliana estão atraca. Eles pegam “as trouxas” mas Miguel se assusta ao reconhecer o homem que afundou o navio de Quintiliano.  O homem diz que eles não vão desembarcar porque sabe que Miguel está fugindo com uma escrava. Miguel e Juliana ficam assustados.

Top
%d blogueiros gostam disto: