Globo adia série sobre companhia aérea após tragédia com a Chapecoense

A Globo tomou a decisão de adiar a estreia da série “Brasil à Bordo”, escrita por Miguel Falabella. Isso porque a emissora não achou de bom tom colocar a série – que conta a história de uma companhia aérea a beira da falência – no ar tão pouco tempo depois de um desastre aéreo de proporções tão grandes como foi o acontecido com o avião que levava o time da Chapecoense.

Sendo assim, a estreia da série ficará para o segundo semestre, segundo informa o jornal Extra. “Brasil à Bordo” conta a história de uma companhia aérea gerida por uma família milionária que vai à falência depois que uma decisão judicial em razão de dívidas trabalhistas. Depois disso, a família se vê obrigada a retomar os trabalhos de maneira meio amadora, com a ajuda dos antigos funcionários.

Vale lembrar que essa não é a primeira questão envolvendo a série de Miguel Falabella. Tempos atrás, Ney Latorraca acabou deixando o elenco da produção depois que descobriu que teria que regravar várias cenas. O ator foi substituído por Marcos Caruso.

Top
%d blogueiros gostam disto: