Resumo Semanal: Novela “Os Dez Mandamentos” – 18/09/2017 a 22/09/2017

Capítulo 040, segunda-feira, 18 de setembro

Maya desmaia nos braços de Ramsés. Yunet finge estar preocupada. Todos tentam acordar a moça, mas ela não responde. Nefertari pede socorro a Paser. Ramsés diz que Maya reclamou da maquiagem. Siamon se desespera ao saber que a filha está passando mal. Disebek tenta disfarçar a tensão na frente de Seti. Anrão, Joquebede e Miriã se mostram preocupados com Amália. Arão e Eliseba discutem. Ela não gosta da falta de fé do marido. Apuki diz que odeia Arão e humilha Judite. Paser chega para cuidar de Maya. Nefertari tenta consolar Ramsés, mas ele dispensa a atenção dela. Gahiji diz para Leila que terão que esperar mais um pouco para servir a sala do trono. Paser conta para Siamon que Maya pode ter sido envenenada através da maquiagem. Moisés fica preocupado com Ramsés e diz que vai procura-lo. O futuro rei do Egito reza para os deuses ajudarem Maya. Disebek recrimina a atitude de Yunet e a chama de louca. Ela ameaça o general dizendo que os dois planejaram a morte de Maya juntos. Moisés tenta consolar Ramsés, que agradece o apoio do quase irmão. Maya retoma a consciência e fala com dificuldade. Yunet acusa Anippe de ter tentado matar a filha do Sacerdote de Waset. Maya pede para falar com Siamon. Seti ordena que prendam Anippe para interrogá-la. Pressentindo a morte, Maya se despede de Moisés, Nefertari e Ramsés. Simut avisa a Paser que Maya morreu. O Sacerdote lamenta e diz que fará um teste com um prisioneiro para saber se foi mesmo a maquiagem que matou a moça. O faraó interroga Anippe e ordena que ela permaneça presa. Siamon chega transtornado à sala do trono. Desesperado, Ramsés é amparado por Moisés. Simut solicita que Disebek providencie um escravo prisioneiro para o teste de morte. Nefertari confessa para Karoma que está arrependida por ter sentido inveja de Maya. Nayla avisa que a moça pode ter sido assassinada. Ameaçada de morte por Seti, Anippe se descontrola e grita na frente de todos que Disebek a seduziu na noite anterior. Yunet mente acusando Anippe de ter pedido ingredientes para Paser. O Sacerdote do palácio confirma a mentira da esposa e Seti condena Anippe à morte. Yunet confessa para Paser que foi a responsável pela morte de Maya. Ela o ameaça e o chama de covarde. Ele fica surpreso ao perceber quem a esposa realmente é. Yunet pega um papiro com desenhos de bebês hebreus sendo atirados no Nilo e diz que o próximo a sair do caminho de Nefertari é Moisés.

Capítulo 041, terça-feira, 19 de setembro

Yunet diz para Paser que fará Moisés descobrir suas origens hebreias. Ele fica chocado com a crueldade da esposa. Henutmire fica decepcionada com Disebek, mas ele nega as acusações. Todos dão o último adeus a Maya. Nefertari pergunta a Ramsés se ele conseguiu esquecê-la e ele a beija. O filho do faraó pede para ela manter segredo. Moisés procura Nefertari no harém do palácio. Seti diz para Tuya que precisará encontrar outra noiva para o filho. Anrão fica contente ao saber que Joquebede rejeitou Eldade para esperá-lo. Enciumado, Moisés discute com Nefertari. Eliseba ajuda Amália a cuidar das coisas do bebê. Karoma pergunta se Nefertari esqueceu Ramsés totalmente e a filha de Yunet se irrita. Moisés se abre com Henutmire dizendo que não pretende se casar com alguém que tenha o coração dividido. Leila lamenta por Joquebede não poder ir ao casamento de Moisés com Nefertari. Gahiji adverte a hebreia e manda mudar de assunto. Yunet manda Paser não se meter em seu caminho. Ramsés se recorda de momentos ao lado de Maya e Nefertari. Moisés chega e diz achar que Nefertari ainda gosta de Ramsés, que desconversa e manda Moisés esquecer o assunto e tentar ser feliz ao lado dela. Joquebede conversa com Anrão e revela que Hur a ajudou a se vestir de egípcia para visitar Moisés no palácio. Arão gosta de ver Amália mais animada. Yunet entrega o papiro para Moisés e conta que no passado Seti ordenou que todos os bebês hebreus fossem assassinados. Disebek nega as acusações de Henutmire e eles discutem. Yunet revela a Moisés que ele é filho da hebreia que foi sua ama de leite. Ele fica perplexo ao saber que sua verdadeira mãe é Joquebede. Yunet manda o príncipe hebreu procurar Leila e Hur para que eles confirmem a verdade. Disebek tenta tirar satisfações com Yunet no corredor do palácio. Moisés vai até a oficina de Hur para confirmar a história contada pela mãe de Nefertari. Yunet pergunta a Leila se ela conhece alguma Joquebede. Hur confirma que existiu o decreto e que Moisés foi adotado por Henutmire. O hebreu pergunta se os seus verdadeiros pais morreram. Nefertari diz que nunca será capaz de decidir quem ama de verdade. Anrão pede para Miriã manter a fé em Deus. Judite diz que sente pena por Apuki não ter tido um sentimento bom na vida. Hur fica tenso e diz para Leila que Moisés descobriu tudo. Leila vai até o quarto de Moisés e revela que toda sua família biológica está viva.

Capítulo 042, quarta-feira, 20 de setembro

Leila revela para Moisés que Anrão e Joquebede são seus pais e vivem no Egito. Ele diz que quer conhecê-los e pede para Leila ajudá-lo a se disfarçar de hebreu. Eliseba e Arão se beijam sob a luz da estrelas. Moisés acorda Nefertari para contar algo inacreditável. Leila conta para Uri sobre a revelação que fez a Moisés. Nefertari se mostra chateada com a busca de Moisés pela sua verdadeira origem e o alerta para não ir à vila dos hebreus no meio da noite, mas ele sai decidido. Arão fica feliz ao ver Amália mais feliz. Nefertari comenta com Karoma que Moisés está prestes a fazer uma besteira. Ikeni vai com Bakenmut à Casa de Senet, mas se recusa a conhecer uma das garotas em respeito ao seu sentimento por Karoma. Arão é questionado por Eleazar sobre sua falta de fé em Deus. Moisés pede para Uri acompanhá-lo até à casa de Joquebede. Anrão e Miriã conversam descontraídos antes de dormirem. Eliseba intervém e diz para o filho que Arão só ficou chateado com Deus. Anrão agradece a Deus por estar com a família. Moisés e Uri caminham vestidos de hebreus pela rua. Eles avistam Apuki passando bêbado e se escondem. Bakenmut bebe demais e conta para Ikeni que se deitou com a rainha Tuya. Apuki tenta forçar Judite a deitar-se com ele. Ela o empurra e foge de casa. Yunet conversa com Nefertari e a moça esconde a preocupação com Moisés. Judite vai até a casa de Leila e pede ajuda a Abigail. Moisés chega com Uri até a casa de Joquebede e pede para entrar a sós. Ele reencontra a família e todos eles se abraçam emocionados. Uri conta para Abigail que Moisés está reencontrando os verdadeiros pais. Miriã, Joquebede e Anrão explicam como Moisés conseguiu sobreviver ao decreto do faraó. Abigail fica surpresa ao saber que Leila revelou a verdade para Moisés. Miriã avisa Arão que Moisés está em sua casa, mas ele se recusa a encontrar o irmão. Henutmire tem um pesadelo e acorda assustada. Anrão, Miriã e Joquebede ficam emocionados ao ouvirem Moises dizer que não é justo viver em todo o conforto do palácio enquanto seus pais e seu povo passam necessidades.

Capítulo 043, quinta-feira, 21 de setembro

Moisés acorda feliz e disposto. Karoma percebe que Nefertari está angustiada. Yunet pergunta a Bezalel sobre sua mãe. Enquanto executa as tarefas na cozinha do rei, Gahiji nota que Leila está tensa. Acompanhado de Paser e Simut, Seti faz seu ritual matinal. Hur pergunta por que Uri está tão sonolento. Bakenmut não se lembra de ter contado para Ikeni que se deitou com a rainha Tuya. Ramsés questiona onde Moisés esteve na noite anterior. Miriã conta para Anrão e Joquebede que Arão se recusou a encontrar Moisés. Arão diz para Eliseba que o mundo de Moisés é outro. Hur fica preocupado com descoberta de Moisés. Judite acorda Apuki e se desentendem logo cedo. Moisés confessa para Ramsés que descobriu o papiro com o decreto da morte dos bebês. Arão se recusa a falar sobre o irmão com Anrão. Moisés diz para Ramsés que não pode abandonar os pais hebreus. Henutmire comenta com Yunet sobre o pesadelo que teve durante a noite. Miriã e Abigail falam cobre Zelofeade. Nefertari não gosta da busca de Moisés pela sua verdadeira família e diz que seu lugar é no palácio. Joquebede fica preocupada com as possíveis consequências da aproximação de Moisés. O príncipe hebreu procura Leila na cozinha do palácio para agradecê-la pelo que fez. Desconfiado, Gahiji pressiona Leila para contar a verdade. Henutmire não entende o jeito frio como Moisés lhe abraçou. Nefertari se abre com Paser e conta que Moisés descobriu sua verdadeira família. Gahiji fica pasmo ao saber que Leila revelou a verdade para Moisés. Apuki ameaça chicotear Eldade. Moisés flagra o feitor surrando um homem e o proíbe de maltratar qualquer escravo a partir de agora. Nefertari pede ajuda a Ramsés para convencer o namorado a desistir de procurar a família. Moisés fica chocado com os maus tratos sofridos pelos hebreus. Paser pede para Disebeck ir até sua sala. Os sacerdote conta que Moisés já sabe quem são seus verdadeiros pais e está revoltado com a condição de seu povo. Miriã fica orgulhosa ao saber que Moisés protegeu Eldade. Uri pede para Moisés não chamá-lo de volta à vila dos hebreus. Apuki reclama com Panahasi sobre a forma como foi tratado pelo príncipe. Anrão briga com Arão e manda não falar mal de Moisés. Disebek tenta convencer Moisés a esquecer a ideia de procurar a família hebreia, mas o príncipe se mostra decidido a tomar uma atitude.

Capítulo 044, sexta-feira, 22 de setembro

Moisés conversa com Disebek e se mostra insatisfeito com os maus tratos sofridos pelos hebreus. Eldade fica chocado ao ouvir Abigail dizendo que Moisés é filho de Joquebede. Moisés pergunta qual seria a atitude de Disebek caso ele resolvesse ajudar o povo hebreu. O general diz não ter resposta. Nefertari desabafa com Karoma dizendo que preferia que os verdadeiros pais de Moisés tivessem morrido. Henutmire fica chocada ao descobrir que o filho soube de toda a verdade. Moisés pede para Gahiji preparar uma cesta com comida para levar para a família hebreia. Disebek diz para Henutmire que Nefertari não está apoiando Moisés. Yunet ameaça Leila dizendo que Moisés será expulso do palácio. Nefertari não concorda com Moisés e diz que se ele a ama, deverá esquecer os hebreus. Henutmire pede ajuda a Ramsés para tentar fazer Moisés mudar de ideia. Joquebede aguarda ansiosa pela volta do filho. Eldade comenta com Abigail que está feliz por ter sido defendido por Moisés. Eliseba explica para Amália que Arão não acredita que Moisés deixará o luxo do palácio por causa de uma família de escravos. Ramsés tenta convencer Moisés a não se envolver muito com os escravos, mas ele se mostra decidido. Nefertari conta para Henutmire que o namorado visitará novamente a família hebreia. A filha do faraó implora para Moisés não castiga-la desta maneira. O príncipe hebreu abraça Henutmire e diz que precisa ir. Paser sugere a Disebeck que contem ao rei sobre a descoberta de Moisés. Receoso, o general pede para o sacerdote não contar nada a Seti. Leila conta para Uri e Hur que Yunet a usou para contar toda a verdade a Moisés. Yunet finge estar preocupada e revela à Tuya que Moisés já sabe de tudo. A rainha procura o faraó e avisa que algo grave aconteceu. Henutmire pede a Disebeck para leva-la até Joquebede. Seti ordena que Bakenmut e Ikeni tragam Moisés imediatamente. Miriã, Joquebede e Anrão aguardam ansiosos pelo retorno de Moisés. Apuki reclama com Judite pela forma como Moisés trata os escravos. Bakenmut e Ikeni impedem que Moisés deixe o palácio. Yunet alerta Nefertari sobre o futuro pobre que ela terá ao lado do namorado. Seti proíbe Moisés de encontrar os hebreus. O príncipe enfrenta o faraó e Ramsés intervém. Henutmire pede ajuda à Yunet. Disebeck pede a Ikeni para acompanhar Henutmire à vila dos escravos. Ramsés alerta Moisés sobre a fúria do rei. Acompanhada de Yunet e Ikeni, Henutmire se prepara para deixar o palácio. Amália sente tontura e passa mal. Henutmire, Yunet e Ikeni caminham em direção à casa de Joquebede. Angustiado, Moisés pede alguma resposta a Deus. Henutmire chega à casa de Joquebede, que fica surpresa com a visita da princesa.

Top
%d blogueiros gostam disto: