Entrevista Exclusiva com Rafael Losso, o Elivaldo da novela "Império" | Portal Overtube

Entrevista Exclusiva com Rafael Losso, o Elivaldo da novela “Império”

rafael losso

Portal Overtube – Entre os tantos e talentosos veteranos da recém-estreada novela Império, um rostinho novo já vem despontando como um destaque entre o elenco. Estamos falando do ator Rafael Losso, que promete comover o Brasil com o drama de Elivaldo, irmão mais novo da doce Cristina (Leandra Leal) e sobrinho da malvada Cora (Drica Moraes).

Elivaldo precisou amadurecer às pressas depois que Tuane (Nanda Costa), sua ex-namorada, engravidou e abandonou o bebê com ele para “cair na vida”. Anos depois, ela reaparece casada com Reginaldo (Flávio Galvão), um homem rico e bem mais velho, e disposta a lutar contra Elivaldo pela guarda do filho deles, Victor (Adriano Alves).

Nesta entrevista exclusiva para o Portal Overtube, Rafael fala sobre a responsabilidade de estrelar um folhetim do horário nobre da Globo, sobre a convivência com os atores e a equipe da novela de Aguinaldo Silva e ainda dá dicas sobre seu tipo de mulher ideal – sim, o ator de 33 anos está solteiríssimo. “Ela precisa ter um bom papo, ser divertida e gostar de se movimentar, dançar, fazer esporte.” Alguma leitora se candidata?

losso_1
Rafael na pele de Elivaldo na novela das 9

PORTAL OVERTUBE – Fale um pouco sobre sua formação como ator. Os cursos que já fez, as produções de cinema, teatro e TV de que participou e que mais te marcaram…

RAFAEL LOSSO – Me formei como ator através do Teatro-Escola Célia Helena, em São Paulo. Na verdade já atuava no teatro desde os 16 anos de idade, mas foi depois que me formei que pintaram os melhores trabalhos. No teatro pude fazer trabalhos marcantes, como A Coleira de Bóris, O Círculo de Giz, Hamlet e Ricardo III. No cinema foi igual: entre curtas e longas, pude trabalhar com Walter Salles em Linha de Passe (2008), com Sérgio Rezende em Salve Geral (2009) e com Vicente Ferraz no drama histórico A Estrada 47, que será lançado no final do ano. Com respeito à TV, fiz um seriado da FOX chamado 9mm: São Paulo (2008) – um dos produtos mais legais de que já pude participar – e tive ainda um personagem na novela O Astro (2011).

O Olavo de O Astro foi seu primeiro trabalho de grande visibilidade. Como foi interpretar esse personagem? O que mudou na sua vida a partir dele?

O Astro foi um trabalho que me ensinou muito. Ainda não havia tido esse contato direto com set de gravações de novela, e foi fazendo o Olavo que pude perceber tudo aquilo. Como era uma produção daquele porte, com tanta gente envolvida… Verdadeiramente, foi uma escola.

Como surgiu a chance de atuar em Império? Você precisou passar por muitos testes?

Primeiramente fui chamado para fazer alguns testes. Foi muito legal, principalmente porque o texto que me pareceram era muito bom, diria até que maravilhoso de se trabalhar. Mas, tenho que dizer: eu estudei muito para dar conta!

Fale agora um pouco do seu atual personagem, Elivaldo. O que podemos esperar dele? Que características você admira e quais reprova no Elivaldo?

O Elivado é maravilhoso! Um ser humano cheio de conflitos e que, mesmo sem querer, volta e meia acaba quebrando a cara… Mas tem um caráter fantástico. Ele é apaixonado pelo filho e vai fazer de tudo para não perdê-lo. Eu particularmente não reprovo nada dele. Só acho que poderia ter um pouquinho mais de sorte… (risos)

Elivaldo passa pelo drama de ter que criar o filho sozinho depois que a mãe da criança, Tuane (Nanda Costa), os abandona. Anos depois, ela volta e quer recuperar a criança. Você já passou ou se imaginou passar por uma situação parecida? O que você faria no lugar do Elivaldo?

Não passei nem quero passar por algo parecido. Decidir na Justiça a guarda de um filho deve ser algo muito exaustivo. Mas, no caso do Elivaldo, além de ser pai, ele criou sozinho essa criança. Eu acho que isso lhe dá mais direitos ainda.

nanda e losso
Em cena com a atriz Nanda Costa, que vive Tuane, sua ex-mulher

Em Império você contracena com grandes nomes da televisão, como Drica Moraes, Leandra Leal. Isso é desafiador? Qual dos seus colegas de elenco, ou mesmo da equipe técnica em geral, você mais admira? E com qual já tem mais afinidade, amizade?

Tenho uma gratidão imensa por cada pessoa desse elenco e equipe. Eles são uma família maravilhosa. Aprendo muito com a Drica e a Leandra, que são minhas principais parceiras de cena. Eu diria que, mais do que desafiador, contracenar com elas é instigante. São duas pessoas que eu quero ter por perto pelo resto da vida, duas atrizes maravilhosas que eu não me canso de elogiar. A equipe de direção, que trabalha junto com o Rogério Gomes, também é simplesmente sensacional. Me sinto presenteado.

Vamos falar um pouco sobre a sua vida pessoal. Você está solteiro? Ou tem namorada? Que características uma mulher precisa ter para te conquistar?

Minha vida pessoal anda meio parada… No momento estou solteiro, e ainda pretendo ficar mais um tempo assim. Quero estar 100% focado no trabalho agora. A mulher ideal precisa ter um bom papo, ser divertida, não se levar muito a sério e gostar de movimento, sair pra dançar, fazer esporte… É pedir muito? (risos)

Como é o Rafael longe das câmeras? Isto é: o que você gosta de fazer no dia-a-dia? Seus hobbies, paixões, interesses…

Nas horas vagas adoro estar com meus amigos em casa, pra tocar violão, tomar um vinho. Sempre que o sol aparece, pego minha bike e vou para o parque. Minha bike é minha grande parceira. Também gosto muito de ler, de assistir filmes. E amo ir ao teatro, vou sempre que posso.

Pode nos adiantar alguma coisa sobre o futuro do Elivaldo nos próximos capítulos? Que destino você torce para o personagem?

Bom, o Elivaldo ainda vai sofrer um pouco. A disputa do filho com a Tuane vai ser de tirar o fôlego! A minha torcida é para que ele consiga a guarda do Victor e eles fiquem felizes, como merecem, até pra poderem tirar umas férias juntos depois disso tudo! (risos)

oculos

COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
Top