Leo Dias seria demitido do Fofocalizando por causa das drogas, mas Silvio Santos não deixou

Leo Dias seria demitido do Fofocalizando por causa das drogas, mas Silvio Santos não deixou

Leo Dias

Leo Dias

O jornalista Leo Dias revelou nesta quinta-feira (13), em entrevista ao Notícias da TV, que seria demitido do SBT por causa de seu vício em drogas. No entanto, foi “salvo” por Silvio Santos, que impediu a demissão do jornalista, que atualmente integra a equipe do Fofocalizando.

“Chegou aos meus ouvidos que alguns diretores do SBT cogitaram me demitir, mas Silvio Santos não deixou. Ele disse: ‘Não vou demitir o rapaz. Primeiro porque ele é bom. Segundo porque ele está doente'”, conta Dias. “Fui poupado da demissão porque Silvio Santos tem ciência de que estou doente. Isso me deu um choque”, fala.

A partir desta segunda-feira (17) Leo Dias inicia o seu tratamento contra as drogas. Para isso, deixará o comando do Fofocalizando por algumas semanas. O jornalista vai se submeter a uma terapia baseada na ibogaína, uma substância que pode provocar alucinações fortíssimas e até matar.

Ele conta que seus problemas com as drogas começaram a ficar mais visíveis depois de sua mudança de emissora, da Rede TV! para o SBT. “Eu vi minha vida mudar muito nos últimos dois anos. Virei alvo, foco, vidraça. Todos os meus problemas ficaram à mostra, além das minhas faltas.”

Com a ausência de Leo Dias, o Fofocalizando sofre mais um desfalque. Assim, a partir da semana que vem, o programa é comandado por Leão Lobo, Mamma Bruschetta, Lívia Andrade e Gabriel Cartolano.

Nesta quinta-feira (13), os apresentadores do Fofocalizando comemoraram, em tom provocativo, a liderança. Segundo Dias, a atração estava à frente da Globo e Record, que exibiam Vídeo Show e Balanço Geral, respectivamente.

Top