Giovanna Lancellotti revela preparação para encarar a doença grave de Rochelle, em Segundo Sol | Portal Overtube

Giovanna Lancellotti revela preparação para encarar a doença grave de Rochelle, em Segundo Sol

Rochelle (Giovanna Lancelloti) em Segundo Sol

Rochelle (Giovanna Lancelloti) em Segundo Sol

Uma das personagens mais sem limites e cruel de Segundo Sol passará por um processo de humanização, termo definido pela própria Giovanna Lancellotti. Rochelle, que gerou revolta em telespectadores em diversas ocasiões, será diagnosticada com Síndrome de Guillain-Barré, doença autoimune capaz de paralisar as pernas e braços da personagem.

Lancellotti contou em entrevista ao Extra que não esperava esse rumo para a personagem.  “Eu levei um susto! E comecei uma corrida contra o tempo para me aprofundar no assunto, porque gravei menos de dez dias após saber da novidade”, disse Giovanna.

As cenas, que vão ao ar nos próximos capítulos, mostrarão o drama da personagem. Rochelle acusará Roberval (Fabrício Boliveira) de estupro, mas acabará se dando mal. Ao receber o diagnóstico da doença, a influencer ficará inconformada. Giovanna acredita que a enfermidade é um processo de redenção do papel.

“Tem gente que acha que é um castigo. Não vejo assim. No caso da Rochelle foi bom, ela tem que ser grata a essa doença, porque isso vai mudar a vida dela para melhor. Ela vai amadurecer. Rochelle sempre foi controladora e agora sabe que não tem controle do próprio corpo. Vai se tornar dependente de tudo e de todos. Aí começa a sua humanização”, revela, dando indícios de que a personagem mudará completamente.

Apesar de pouco tempo para o preparo, Giovanna se dedicou para entender a doença. “Eu passava a madrugada assistindo a vídeos de pessoas com a doença. Isso mexeu comigo. É um universo triste esse em que estamos entrando, apesar de momentâneo. Essa experiência me transformou, mudou meu olhar para a deficiência, para a superação”, contou.

Por fim, a atriz disse que teve a ajuda da preparadora Patrícia Carvalho para adaptar-se a cadeira de rodas. “Ela é fundamental para o apoio corporal. Porque, como a personagem fica paralisada, cada mexida de ombro ou virada é marcada”. No primeiro dia em que gravei na cadeira de rodas, cheguei três horas antes e dei uma supervolta no Projac com Patrícia para sentir como é, ver as coisas de outro plano”.

A redenção dos vilões

Alinne Moraes interpretou Luciana em Viver a Vida
Alinne Moraes interpretou Luciana em Viver a Vida

A fórmula de redimir vilões não é exclusiva de João Emanuel Carneiro. Outra personagem que passou por esse processo foi Luciana, interpretada por Alinne Moraes, na novela Viver a Vida, escrita por Manoel Carlos. A personagem sofreu um grave acidente, ficando tetraplégica. Para a atriz, que está no ar em Espelho da Vida, foi um dos momentos mais difíceis de sua carreira. “Foi o momento mais difícil que vivi como atriz – conta Alinne, num camarim do Projac, no intervalo entre uma cena e outra: – Fiquei mal mesmo, estranha. Sempre trabalhei muito bem sob pressão, mas foi muito, foi demais pra mim. Não sabia que seria tão denso, pensei que seria mais simples. Não consegui sair facilmente da depressão em que Luciana me colocou.”

COMENTÁRIOS DO FACEBOOK
Top