Cinebiografia Elis vai virar minissérie na Globo com cenas inéditas

Cinebiografia Elis vai virar minissérie na Globo com cenas inéditas

Andréia Horta como Elis Regina (Foto: Divulgação)

Andréia Horta como Elis Regina (Foto: Divulgação)

Datada de 2016, a cinebiografia “Elis”, protagonizada por Andréia Horta, vai virar uma minissérie na Rede Globo.

O projeto sai do papel após o cancelamento da minissérie que seria escrita por Gilberto Braga e teria 10 capítulos. Aproveitando o filme, a Globo repete o mesmo trabalho que já deu certo com outras produções como as mais recentes “Entre Irmãs” e “Malasartes”e diminui os custos de produção.

Segundo o colunista Flávio Ricco, a minissérie dirigida por Hugo Prata terá cenas inéditas, que não foram ao ar nos cinemas. Para isto, a Rede Globo já começou a providenciar gravações de cenas adicionais, o que incluirá novos atores ao elenco, como Mel Lisboa, que irá interpretar Rita Lee.

Andréia Horta sobre “Elis”

Em entrevista, Andréia Hora falou sobre atuar no filme “Elis” e interpretar a cantora nos cinemas.  “A hora da morte é um momento bem delicado. Foi o mais difícil”, contou, sobre a cena de despedida, à Veja.

“Houve outros momentos difíceis de tanta alegria e prazer, como na hora de cantar O Bêbado e a Equilibrista, por tudo que representava. Era muito forte esse momento, foi difícil porque queria fazer bem”, revelou a protagonista.

No filme que vai virar minissérie na Rede Globo, as músicas são as originais, interpretadas por Elis Regina. Andréia Hora apenas dubla as canções. “A voz da Elis é única. Seria uma traição à memória auditiva do espectador se eu cantasse. É muito mais fácil você cantar com a própria respiração, com o próprio jeito, do que se encaixar na forma como outra pessoa canta. Era exaustivo”, dispara.

Top