BBB19 | Porca de Paula está com depressão, diz irmão

BBB19 | Porca de Paula está com depressão, diz irmão

Porca de Paula, do BBB19, está com depressão

Porca de Paula, do BBB19, está com depressão

O afastamento de Paula, do BBB19, não fez bem à sua porca de estimação, Pippa. Segundo o irmão da sister, o animal tem chorado por sentir a falta da dona, que está confinada no reality-show.

“Pippa está bem triste mesmo, isolada. Passa o dia deitada e, quando alguém se aproxima, chora. Quando a gente solta ela, fica agitada. Normalmente, não tem esse comportamento, ela é dócil. Com certeza é falta da Paula, que deita no colo dela, dorme no colo dela”, disse ao jornal Extra.

Além da possível depressão, Pippa está em sua segunda gestação. A previsão é que os filhotes nasçam até o início de março. Antes de ser confinada, Paula sabia da gravidez da porca. “Acho que tem essa questão de hormônio também, mas sem a Paula aqui ela mudou.”

Pippa pensa que é cachorro e come inclusive carne de porco

Durante a divulgação dos participantes do BBB19, Pippa, a porca, foi um dos destaques da atração por ser um animal de estimação pouco casual. A irmã de Paula, Mônica, disse ao Extra, na época, que a porquinha é bastante ciumenta.

“Meu pai ajuda muito, porque a porca é ciumenta. Quando a gente se aproxima para mexer com ela, Pippa fica distribuindo cabeçadas se a Paulinha não estiver perto”, disse Mônica, irmã de Paula.

“Paula tinha um cachorrinho, chamado Pugga, que amava muito e morreu. Pouco tempo depois, a Pippa surgiu. E ela ficou duas semanas dando mamadeira, cuidando da porquinha… No segundo dia o bicho já atendia pelo nome. Pegaram amor.”

Quanto à alimentação, Pippa come até carne de porco. “Duas vezes ao dia, a gente dá ração, verdura, e ela ama frutas. Manga, banana. E come, inclusive, carne de porco!.”

No Instagram, as declarações de Paula para Pippa são frequentes. “O que esse bichinho tem de desvalorizado, ele tem de inteligente. Pippa para combinar com Pugga. Teimosa, bagunceira, curiosa, engraçada, grossa, birrenta, exigente, carinhosa, amiga, inteligente… Eu não aguento de amor! Ela não é “porca” e eu não sou “mãe de porca”. Não precisa ter preconceito com nós duas… Aliás, ela moooorreee de medo de porco e jura que é um cachorro (risos). Amo minha gorda e com essa chuva, ando suja de barro mesmo.”

Top