José Simão se emociona com Datena ao comentar morte de Ricardo Boechat: "Devastado"

José Simão se emociona com Datena ao comentar morte de Ricardo Boechat: “Devastado”

Ricardo Boechat receberia de Silvio Santos o Troféu Imprensa (Reprodução)

Ricardo Boechat receberia de Silvio Santos o Troféu Imprensa (Reprodução)

O mundo do jornalismo está em luto com a notícia da morte de Ricardo Boechat. Ele foi uma das vítimas da queda de um helicóptero em São Paulo no início da tarde desta segunda-feira (11).

O jornalista José Simão se emocionou ao comentar a morte do colega, com quem formava uma dupla no quatro Buemba! Buemba!, da rádio BandNews FM. Ele conversou com o apresentador Datena durante o Brasil Urgente.

“Nossa química foi instantânea. Foi quase no primeiro dia. Antes de entrar no ar, eu ouvia as opiniões dele sobre política, sobre tudo. Ele era um vulcão. Sabe vulcão quando entra em erupção? Boechat não tinha partido, preferência, antipatias ou simpatias eternas, era coisa do dia mesmo. Ele atirava para todo lado, vamos combinar”, disse, com um sorriso.

Depois, acabou indo às lágrimas. “Agora estou tentando digerir isso, essa nossa dupla que eu acho que jamais será retomada. O que mais me dói é não poder falar com ele de manhã, entendeu? Isso que está me deixando mais devastado”, se emocionou o jornalista.

Bolsonaro e Mourão também lamentaram a morte

O presidente Jair Bolsonaro foi mais uma das personalidades que lamentaram a morte de Ricardo Boechat. O jornalista tinha 66 anos e era o âncora do Jornal da Band, principal telejornal da emissora.

“É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em SP. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos!”, publicou em seu perfil oficial no Twitter.

Utilizando a mesma rede social, o vice-presidente General Hamilton Mourão também prestou sua solidariedade às famílias do jornalista e do piloto. “Manifesto meus sentimentos às famílias de Ricardo Boechat e do piloto do helicóptero, aos profissionais da Rede Bandeirantes, rádio e televisão, extensivos à classe jornalística, pela triste notícias do acidente que os vitimou. Deus no comando”, disse.

Top