Evaristo Costa se irrita com Sonia Abrão e a acusa de disseminar fake news

Evaristo Costa se irrita com Sonia Abrão e a acusa de disseminar fake news

Evaristo Costa acusou Sonia Abrão de espalhar fake news (Reprodução)

Evaristo Costa acusou Sonia Abrão de espalhar fake news (Reprodução)

Os seguidores de Evaristo Costa estão acostumados com o bom humor do ex-âncora do Jornal Hoje. Sempre de bem com a vida, ele costuma ser alvo das brincadeiras do Padre Fábio de Melo e sempre brinca com seus seguidores nas redes sociais.

Em um momento raro, o jornalista mostrou toda a sua irritação com a apresentadora Sonia Abrão. Ele a acusou de espalhar notícias falsas em sua conta oficial no Twitter.

“A apresentadora Sonia Abrão não renova seu contrato com a Rede TV. Ufa, acabaram as ‘fake news'”, disse ele, com ironia. Um seguidor questionou o motivo da publicação de Evaristo Costa, que explicou: “Já espalhou hoje. Disse que eu tinha me separado”. O tweet foi apagado.

De acordo com o portal UOL, o ator Bruno Gagliasso, da Globo, também se irritou e decidiu que vai entrar com um processo contra o programa A Tarde é Sua. A atração mostra o mundo dos famosos e comenta as fofocas mais quentes do momento.

Na semana passada, Alessandro Lo-Biaco, que sempre participa da atração de Sonia Abrão, fez uma afirmação a respeito de Gagliasso. Segundo ele, a emissora carioca teria acionado seus advogados para discutir um rompimento de contrato por conta de um suposto mau comportamento.

O jornalista também garantiu que parte do elenco de O Sétimo Guardião teria feito várias queixas contra Bruno e também chegou a citar sua internação. Em outra edição, ele criticou o ator e o chamou de “mimadinho”.

Processo

Buno Gagliasso decidiu não deixar barato e procurou o advogado Ricardo Brajterman para acionar todos os veículos responsáveis pela disseminação da notícia. Além do programa de Sonia Abrão, que, segundo ele, foi responsável por uma ‘fake news’, o site TV Foco também será acionado.

“Vai ter um processo cível por conta da fake news e estamos estudando se caberá uma ação criminal por difamação e calúnia contra os integrantes do programa. Fica a cargo da Justiça [decidir sobre uma eventual indenização], que vai analisar a intensidade do dano, a capacidade das partes e o caráter pedagógico punitivo que essa indenização deve representar”, disse o advogado.

“Ele ficou indignado, pois é embaixador de movimentos sociais e uma notícia dessa coloca em dúvida a credibilidade de uma pessoa séria”, comentou Ricardo, que classificou as acusações como “sórdidas, cruéis e desumanas”.

“Usaram uma doença de um profissional de respeito para afirmar que ele utilizou isso para não cumprir o seu dever profissional. Isso que irritou ele”, finalizou o profissional.

A assessoria da RedeTV! foi procurada pelo portal UOL, mas informou que não se pronunciaria por não ter sido notificada.

Top