Boninho choca fãs ao revelar novidades do BBB 2023

Boninho soltou novo spoiler sobre o BBB 2023 (Imagem: Reprodução/Twitter)

Boninho soltou novo spoiler sobre o BBB 2023 (Imagem: Reprodução/Twitter)

Como será o BBB 2023? A edição deste ano do reality show mais famoso do país acabou há apenas dois dias, mas parte do público já está pensando na próxima temporada. Poucos detalhes são conhecidos até o momento, mas o diretor Boninho já soltou um spoiler.

Entre as críticas à atração que chegou ao fim na terça-feira (26) está o prêmio. O programa da Globo distribui R$ 1,5 milhão desde 2010, sem qualquer reajuste nos últimos doze anos. Tudo indica, no entanto, que o Big Brother Brasil 23 será diferente.

De acordo com o site TV Pop, Boninho esteve no Rio2C, o maior evento de inovação da América Latina, e acabou revelando alguns spoilers do que vem por aí. No palco do local, ele disse que a produção da temporada de 2023 já está a todo vapor.

Leia outras notícias de hoje Portal Overtube:

Tadeu Schmidt vai apresentar o BBB 23 no ano que vem?

Luciana Barreto tem problema de saúde e é afastada da CNN Brasil

Como vai ser o BBB 2023?

“A produção começou há 2 meses e meio. Já estamos pensando em qual é a cara da casa, como vamos entrevistar. A gente não para e se provoca o tempo todo. Nunca estamos satisfeitos. Do primeiro dia ao centésimo estamos pensando no que fazer, mandar coelhinho, fazer alguma coisa”, disse o contratado da Globo.

Em outro momento, ele foi questionado sobre como reinventar um formato que já é tão conhecido no país. “Conseguimos entregar a propriedade do programa para esses 220 milhões [de habitantes no Brasil]. Não nos levamos a sério, rimos do que fazemos. Não é um experimento psicológico, fazemos um show”, disse.

Boninho ainda falou sobre o processo de seleção dos participantes que entrarão na casa mais vigiada do Brasil. “No começo fizemos em 45 dias. Levamos só duas semanas entrevistando umas pessoas. Agora é um monte de pesquisa. Mas a curadoria de pessoas é a parte mais fácil”, explica.

“A gente convida um monte de gente e se apaixona por pessoas. Chama um monte de gente louca pra uma festa. Eu tenho um time de 20 pessoas que olha pra todas as inscrições. A gente se obriga a ver todas. Aí chegamos num grupo de 150 pessoas, entrevistamos, nessas estou sempre presente. Aí depois de uns três ou quatro dias cada um monta seu time. O processo é esse caminho”, concluiu.

Top