Sucesso em bilheteria, Venom ultrapassa Homem-Aranha e Mulher-Maravilha - Portal Overtube Sucesso em bilheteria, Venom ultrapassa Homem-Aranha e Mulher-Maravilha - Portal Overtube

Sucesso em bilheteria, Venom ultrapassa Homem-Aranha e Mulher-Maravilha

Venom é um dos maiores sucessos de bilheteria do ano (Reprodução)

Venom é um dos maiores sucessos de bilheteria do ano (Reprodução)

O sucesso do longa Venom já está mais do que confirmado, mas a produção da Sony melhora seus resultados ainda mais com o passar dos dias e vem batendo recordes.

O filme estrelado por Tom Hardy teve um início bastante complicado, acima de tudo por conta da massiva reação negativa da crítica, mas se tornou um dos filmes mais lucrativos de super-heróis de todos os tempos.

A bilheteria de Venom alcançou, até o momento, um total de US$ 822 milhões em todo o mundo, um resultado excepcional que já ultrapassou outros grandes sucessos como Mulher-Maravilha (US$ 821,8 milhões) e o primeiro Homem-Aranha (US$ 821,7 milhões).

De acordo com informações divulgadas pela revista Forbes, a China continua sendo a maior responsável pelo grande sucesso do longa americano. A bilheteria no país já chega a aproximados US$ 242 milhões. No total, Venom deve alcançar, pelo menos, US$ 865 milhões no total das bilheterias ao redor do mundo.

Conheça a história de Venom

Venom não tem um elenco com grandes nomes conhecidos do grande público. Estrelado por Tom Hardy, que vive o personagem principal e que dá o nome da trama, o longa também conta com Michelle Williams, Riz Ahmed, Reid Scott, Scott Haze, Jenny Slate, Michelle Lee e Wayne Pére. A direção fica por conta de Ruben Fleischer. Jeff Pinkner, Scott Rosenberg, Kelly Marcel e Will Beall formam o time de roteiristas.

Em San Francisco (EUA), Eddie Brock (Hardy) é um jornalista investigativo que é dono de seu próprio quadro em uma emissora local. Ele é escalado para entrevistar Carlton Drake (personagem de Ahmed), criador da Fundação Vida, que investe em missões espaciais tentando encontrar a possíveis usos medicinais para a humanidade.

Depois de analisar um documento sigiloso enviado à sua namorada Anne Waying (Williams), ele descobre que Drake tem feito experimentos científicos em humanos. Durante a entrevista, ele decide denunciar a situação e acaba sendo demitido. Depois de seis meses e ainda desempregado, Brock é procurado pela Dra. Dora Skirth (Slate), que denuncia que Drake estaria usando simbiontes alienígenas em testes com humanos, muitos deles mortos como cobaias.

O filme ainda está em cartaz em poucas salas brasileiras.

Top