Acústico MTV volta a ser produzido no Brasil após oito anos fora do ar - Portal Overtube Acústico MTV volta a ser produzido no Brasil após oito anos fora do ar - Portal Overtube

Acústico MTV volta a ser produzido no Brasil após oito anos fora do ar

Acústico MTV (Foto: Reprodução)

Acústico MTV (Foto: Reprodução)

O Acústico MTV está de volta. Após oito anos fora do ar, um dos projeto mais vem sucedidos da antiga MTV Brasil retornar na nova MTV do país, comandada pelo grupo Viacom e exibida na TV paga.

O último Acústico MTV gravado no Brasil foi ao ar em 2011, com um show de Arnaldo Antunes. Na ocasião, a MTV era comandada pel Grupo Abril.

“O Acústico nunca deixou de ser um produto da MTV. Esse ano a gente já fez um no México e um na Argentina, e eu acho que no Brasil precisou esse momento da MTV de construção, ao longo de cinco anos, para o mercado entender que é interessante o Acústico, tanto para as gravadoras como para a audiência. Acredito que agora estamos prontos pra voltar com esse produto”, revelou Tiago Worcman, vice-presidente de Programação e Conteúdo da MTV Brasil e América Latina, em uma entrevista ao site Notícias da TV.

Volta do Acústico MTV faz parte de estratégia

O retorno do Acústico MTV ao Brasil faz parte do reposicionamento do canal pago, que nos últimos anos ganhou fama de “canal da pegação” ao apostar, com sucesso, em reality shows do gênero como “Are You The One?” e “De Férias com o Ex“.

Hoje, a MTV tem 12 horas de programação musical mas pouco lembra a antiga MTV, que já dedicou a sua programação à cobertura do mundo da música com telejornais, especiais, listas e formatos diferenciados, como o esportivo Rock Gol, que sempre dava um jeito de colocar a música em pauta mesmo quando o assunto era futebol.

“A ideia é a gente ter um artista, no máximo dois por ano, porque a gente entende que o Acústico é um momento especial na carreira do artista. Ele tem que estar de alguma maneira querendo e preparado para apresentar de uma maneira diferente da trajetória musical dele”, explicou. “Então, não é que a gente vai ter isso todo trimestre, porque a gente precisa encontrar o artista certo, na hora certa da carreira dele para fazer esse Acústico”, concluiu.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top