Apresentadores da Band choram na cobertura da morte de Ricardo Boechat - Portal Overtube Apresentadores da Band choram na cobertura da morte de Ricardo Boechat - Portal Overtube

Apresentadores da Band choram na cobertura da morte de Ricardo Boechat

Catia Fonseca chorou ao vivo em cobertura da morte de Ricardo Boechat (Reprodução/Band)

Catia Fonseca chorou ao vivo em cobertura da morte de Ricardo Boechat (Reprodução/Band)

Os apresentadores da Band se emocionaram nesta segunda-feira (11) ao cobrir a morte do jornalista Ricardo Boechat. Neto, Datena e Cátia Fonseca não guardaram a emoção e acabaram chorando, ao vivo.

A Band foi o primeiro veículo de TV aberta a noticiar a morte de Boechat, apresentador do “Jornal da Band”. Neto, do programa “Os Donos da Bola”, foi o responsável por chamar a notícia, dada por Datena. Os dois apareceram na telinha bastante emocionados.

Já Cátia Fonseca seguiu com a cobertura ao vivo no “Melhor da Tarde”. Com a voz embargada, a apresentadora chegou a chorar ao vivo. Logo depois, teve de chamar o intervalo comercial para se recompor.

Ao vivo, Datena entrou no ar por volta de 13h45 para anunciar a morte de Boechat.

“Com profundo pesar, nesses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, um companheiro… Que na última quarta-feira (06), quando eu vi apresentar aqui o jornal, me deu um beijo no rosto, fingindo que ia cochichar alguma coisa. E, no fim, brincalhão como ele era, falou: ‘é, bobão, eu só queria te dar um beijo’. Queria informar os senhores que o maior âncora da TV brasileira, Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo”.

Datena informou ao vivo morte de Boechat

Em seguida, Datena continuou: “Ele foi a Campinas, dar uma palestra e o helicóptero em que ele estava não chegou ao seu destino, que era o heliponto da Band. Caiu no Rodoanel, bateu num caminhão e as pessoas, segundo informações iniciais, teriam morrido na hora.”

Ainda ao vivo, o apresentador do Brasil Urgente continuou a falar da morte de Ricardo Boechat.

“É uma pena informar isso, uma dor tão profunda que é difícil explicar em palavras. Já falei tanto minha vida inteira, e num momento como esse não tem muito o que dizer a não ser comunicar essa notícia profundamente triste. É como se eu, como se nós, perdêssemos um ente querido. Pra nós era muito querido mesmo, uma pessoa especial, não era só um jornalista rigoroso. Era um cara que saía pra jogar bola com a molecada aqui, fazia churrasco, festa com os meninos que ficam atrás das câmeras, da mesma forma que falava com poderosos da política, da imprensa”, concluiu.

Cátia Fonseca chora ao vivo ao falar de Ricardo Boechat

Logo depois, Cátia Fonseca entrou no ar com o “Melhor da Tarde”. A apresentadora fez elogios ao âncora do Jornal da Band e pediu para que os telespectadores mandassem boas energias para os familiares de Boechat, independente de duas religiões. Bastante emocionada, a apresentadora começou a chorar e chamou o intervalo comercial.

“Boechat sempre foi um homem assim e eu acompanhei ele, assim como todos vocês, não só como colega de trabalho, mas também como fã. E eu via que ele falava aquilo que ele sabia que tinha que dizer, independentemente se isso causaria alguma chateação para alguém ou não. Ele sempre foi um grande jornalista, mas também um grande homem que foi muito transparente em tudo que fez, muito dedicado, como Datena disse muito bem, que sempre tratava a todos com muito carinho, com muito amor”, falou Cátia Fonseca.

“Tive a oportunidade de conhecer a esposa dele e via o quanto que ele sempre foi um grande homem, mas mais do que isso: uma pessoa que é um grande exemplo pra muita gente por aí”, completou, antes de chamar o intervalo.

Ao voltar, Cátia Fonseca retomou a cobertura em seu programa, mas o interrompeu para Datena, às 14h45, seguir com a transmissão do noticiário.

Assista:

Top