Artistas saem em defesa de advogada que foi agredida por filho de ex-prefeito - Portal Overtube Artistas saem em defesa de advogada que foi agredida por filho de ex-prefeito - Portal Overtube

Artistas saem em defesa de advogada que foi agredida por filho de ex-prefeito

Famosas se pronunciaram sobre caso de advogada agredida por filho de ex-prefeito (Foto: Reprodução)

Famosas se pronunciaram sobre caso de advogada agredida por filho de ex-prefeito (Foto: Reprodução)

Artistas estão se posicionando sobre o caso da advogada Luciana Sinzimbra, que foi agredida por Victor Junqueira, ex-namorado e filho do ex-prefeito da cidade de Anápolis, em Goiás.

Famosas como Fernanda Lima, Bruna MarquezineBruna Linzmeyer e Alinne Moraes tem compartilhado uma publicação no Instagram em defesa da advogada. A imagem compartilhada, que diz “Mexeu com uma, mexeu com todas”, pede por justiça no caso.

“Nos últimos dias o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, era violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Victor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela”, diz o texto compartilhado pelas artistas.

“Infelizmente esse vídeo retrata a realidade diária de varias brasileiras, nessa sociedade onde o machismo e a misoginia são tratados como invenção e vitimização. Estamos juntas de Luciana por sua força em denunciar! Estamos juntas por esse caminho, admiramos sua força. No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada uma de nós que se levanta, nos inspira a lutar cada vez mais”, continua o texto.

A publicação pede para que o vídeo da agressão não seja compartilhado, em respeito à vítima e às mulheres: “Reforçamos também seu pedido para que não veiculem o vídeo onde ela é atacada por Victor. Respeitemos umas às outras e não vamos soltar a mão de ninguém”.

E finaliza com o número da polícia para que sejam feitas as denúncias: “A exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Usem o 180, liguem e denunciem. Se ele te bate, ele não te ama”.

Veja as publicações:

View this post on Instagram

#Repost @xota.power SOLIDARIEDADE A LUCIANA! Nos últimos dias o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, foi violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Víctor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela. Infelizmente esse vídeo retrata a realidade diária de muitas mulheres, em sociedades onde o machismo e a misoginia (ódio as mulheres) são tratados como invenção e vitimização (ou mimimi, como os ignorantes costumam chamar). Estamos com Luciana por sua força em denunciar! No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada mulher que se levanta , inspira outras a lutar contra essas injustiças. Reforçamos também seu pedido para que NÃO veiculem o vídeo onde ela é atacada por Víctor. E, a exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Se ele te bate, ele não te ama! Liguem 180. Vamos educar nossos filhos para que a próxima geração de homens consiga elaborar seus sentimentos e nāo desconte nas mulheres suas frustrações. (claro que existem homens incríveis nesse mundo, mas esses não chamam nossa dor de mimimi. É fácil reconhecer os babacas). #MexeuComUmaMexeuComTodas #Ligue180 #Denuncie #PeloFimDaViolenciaContraMulher #XotaPower Foto: Jornal O Dia

A post shared by Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) on

View this post on Instagram

#Repost @xota.power ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ NOS LEVANTAMOS POR LUCIANA! Nos últimos dias o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, era violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Víctor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela. Infelizmente, esse vídeo retrata a realidade diária de muitas brasileiras, nessa sociedade onde o machismo e a misoginia são tratados como invenção e vitimização. No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada uma de nós que se levanta, nos inspira a lutar cada vez mais. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Reforçamos também seu pedido para que não veiculem o vídeo onde ela é atacada por Víctor. Respeitemos umas às outras e não vamos soltar a mão de ninguém! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ E, a exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Usem o 180, liguem e denunciem. Se ele te bate, ele não te ama! Tem link no stories! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #MexeuComUmaMexeuComTodas #Ligue180 #Denuncie #PeloFimDaViolenciaContraMulher #XotaPower ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Foto: Jornal O Dia

A post shared by b r u n a l i n z m e y e r (@brunalinzmeyer) on

View this post on Instagram

#Repost @xota.power NOS LEVANTAMOS POR LUCIANA! Nos últimos dias o vídeo em que Luciana Sinzimbra, 26, era violentada física e psicologicamente por Victor Junqueira, 24, viralizou. Víctor é piloto, filho de um ex-prefeito de Anápolis e se não fosse essa prova, muitos duvidariam da palavra dela. Infelizmente esse vídeo retrata a realidade diária de varias brasileiras, nessa sociedade onde o machismo e a misoginia são tratados como invenção e vitimização. Estamos juntas de Luciana por sua força em denunciar! Estamos juntas por esse caminho, admiramos sua força. No Brasil, uma mulher apanha em média 7 vezes antes de denunciar. Por isso, cada uma de nós que se levanta, nos inspira a lutar cada vez mais. Reforçamos também seu pedido para que não veiculem o vídeo onde ela é atacada por Víctor. Respeitemos umas às outras e não vamos soltar a mão de ninguém! E, a exemplo de Luciana, pedimos a nossas manas: DENUNCIEM! Usem o 180, liguem e denunciem. Se ele te bate, ele não te ama! #MexeuComUmaMexeuComTodas #Ligue180 #Denuncie #PeloFimDaViolenciaContraMulher #XotaPower Foto: Jornal O Dia

A post shared by Bruna Marquezine ♡ (@brunamarquezine) on

Entenda o caso

A advogada Luciana Sinzimbra filmou com uma câmera escondida o momento em que Victor Junqueira, filho do ex-prefeito da cidade de Anápolis, em Goiás, a agrediu com socos e empurrões. O rapaz, de 24 anos, foi indiciado por por lesão corporal, injúria, ameaça e violação de domicílio, segundo o G1.

Entretanto, apesar da gravação que revela a agressão, Victor Junqueira não foi preso. “Ele não está prejudicando o trabalho dos investigadores ou praticando outros crimes contra a vítima. O fato não foi em flagrante, ele tem residência fixa e compareceu à delegacia acompanhado de um advogado, portanto não ocorrerá a prisão por hora”, falou a delegada Ana Elisa Gomes, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, em entrevista sobre o caso.

“Se Victor difamar ou desqualificar Luciana Sinzimbra na internet ou perturbar o trabalho de investigação, por exemplo, ele pode ser preso”, disse a delegada.

 

blank
Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top