Autor da Record reclama por receber salário sem trabalhar - Portal Overtube Autor da Record reclama por receber salário sem trabalhar - Portal Overtube

Autor da Record reclama por receber salário sem trabalhar

Marcílio Morais, autor da Record que escreveu tramas como "Essas Mulheres" (Foto: Reprodução)

Marcílio Morais, autor da Record que escreveu tramas como "Essas Mulheres" (Foto: Reprodução)

Autor da Record, Marcílio Morais está sem trabalho na Record desde 2014. Na ocasião, estreava a primeira temporada da série Plano Alto, que não recebeu sinal verde para novos episódios. De lá pra cá, cinco anos se passaram e o autor não emplacou nenhum trabalho na emissora. Contudo, segue contratado, recebendo seu salário normalmente.

Em seu Facebook, Marcílio Morais comentou  sobre sua insatisfação com a Record. Seu trabalho mais recente é a série Pigmaleão do Brejo, que está escrita mas segue na gaveta da emissora.

“Infelizmente, a TV Record não me dá mais espaço, embora me mantenha sob contrato”, escreveu o autor. Na ocasião, ele comentava a reprise de “Essas Mulheres”. A trama, de sua autoria, é datada de 2005 e está no ar nas tardes da Record.

“Um trabalho que se sustentou no texto. Só para citar um exemplo: não tínhamos externas. Para ser boa, uma novela não precisa mais do que dramaturgia sofisticada, bons atores e boa direção. Grandes produções nada significam”, comentou, sobre “Essas Mulheres”.

Autor da Record alfineta emissora em repostas aos fãs

O autor também tirou um tempo para responder comentários dos fãs em sua publicação. “Que a Record abra os olhos, né?”, escreveu uma leitora. Logo depois, ele respondeu: “O bolso eles abrem, me mantendo sob contrato, aliás, muito bom. Abrir os olhos deve ser mais difícil. Ahahahah”.

Em resposta a outros comentários, Marcílio Morais sempre dava uma cutucada na Record TV.

“Me pagam regiamente para que eu fique assistindo as reprises das minhas próprias novelas”, escreveu.

“O que está havendo com a cabeça do povo da Record que não gravam novela e nem seriado seu?”, perguntou um seguidor. “Tem que perguntar para eles, que me pagam muito bem e não usam o meu trabalho”, respondeu o autor.

Uma leitora sugeriu também que “Pigmaleão do Brejo” fosse transformado numa novela, ao invés de série. Entretanto, o autor revelou que o projeto se tratava de uma novela, desaprovada pela Record. “Aí eu propus fazer uma série, para salvar o trabalho”, explicou.

Em seguida, continuou: “O problema da Record é que não há planejamento, nem consistência nas decisões. A Record poderia perfeitamente estar hoje no mesmo nível da Globo, em termos de audiência, faturamento, prestígio e presença nacional. Não está por insuficiência de gestão.”

blank
Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top