Band acaba com programa de Datena e equipe é demitida - Portal Overtube Band acaba com programa de Datena e equipe é demitida - Portal Overtube

Band acaba com programa de Datena e equipe é demitida

Datena no Agora é Domingo (Reprodução/Band)

Datena no Agora é Domingo (Reprodução/Band)

O programa Agora é Domingo, apresentado por Datena, foi cancelado pela Band. Portanto, do jeito que ele era até sua última edição, não volta mais.

É o que disso Juca Silveira, diretor-geral da Band, ao colunista Flávio Ricco, do Uol. De acordo com a coluna, na manhã desta quinta-feira (03), toda a equipe do programa foi demitida da emissora.

Em conversa com a publicação, Datena informou que não concordou com a decisão, que veio diretamente da direção da Band.

Sobre o fim do programa, Juca Silveira falou, em nota: “O programa Agora é Domingo tal como é hoje, não continuará. Preferimos desenhar um novo programa para ser comandado pelo Datena na futura grade.”

E adiantou que o novo programa para Datena já está em estudo: “Estas ideias começam a ser reunidas a partir de agora e, inclusive, o novo programa pode ser levado ao ar aos domingos ou em uma outra posição da programação, no horário nobre. Tudo está sendo revisto”.

Antes era férias…

Antes de ser anunciado o fim do programa, que se sabia sobre o Agora é Domingo ter saído do ar é que ele entraria de férias.

No final de dezembro, de acordo com o colunista Flávio Ricco, do Uol, o vice-diretor da Band, André Aguerra e o apresentador Datena haviam entrado em um acordo: dar férias ao “Agora é Domingo” durante janeiro e fevereiro deste ano.

Enquanto estivesse passando por essa pausa, a Band estaria procurando uma produção para substituir o programa de auditório de Datena. A ideia era achar uma atração que servisse como opção do horário aos telespectadores. No fim das contas, acabou preenchendo o “buraco” na grade com documentários importados da rede britânica BBC.

E as férias não se confirmaram, como se leu até aqui. Acabaram virando o decreto do fim do programa e uma leva de demissões.

Top