Cemitério emite nota sobre desaparecimento dos restos mortais de Vera Verão

Corpo do ator que interpretava Vera Verão sumiu do cemitério

Corpo do ator que interpretava Vera Verão sumiu do cemitério

Na última semana, comentou-se muito sobre o desaparecimento dos restos mortais do ator Jorge Lafond, que interpretou Vera Verão, na A Praça É Nossa, por muitos anos. O cemitério de Irajá, no Rio de Janeiro, finalmente emitiu uma nota sobre o fato.

A nota foi enviada para o programa A Tarde é Sua, que cobria o caso. Leia a íntegra: “Gostaríamos de esclarecer que a concessionária Rio Pax assumiu a administração de 6 cemitérios públicos do município do Rio de Janeiro, entre eles o cemitério de Irajá, em 6 de agosto de 2014. Assim cabe informar que não foi deixado pela antiga administradora, Santa Casa de Misericórdia, nenhum documento que pudesse responder as indagações”, declarou o cemitério de Irajá.

Segundo o empresário, Marcelo Paguda, Lafond foi enterrado com joias avaliadas em mais de R$ 10 mil. Em entrevista, Paguda disse que o ator deixou uma herança no valor de R$ 400 mil no nome dele, mas afirma que nunca recebeu. O recurso teria sido depositado na conta da prima do humorista. “Ela me botou no olho da rua”, afirma o empresário. “Ela chegou dois dias, três dias, depois que ele faleceu com um advogado lá e falou: ‘rua’”, revelou. “Eu me senti muito ofendido, desprestigiado… me senti, literalmente, um lixo”, desabafa Marcelo.

Jorge Lafond morreu há 15 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Até hoje, o ator é lembrado pela personagem Vera Verão.

Top