Estúdios da Record TV em Salvador ameaçam pegar fogo e provoca correria - Portal Overtube Estúdios da Record TV em Salvador ameaçam pegar fogo e provoca correria - Portal Overtube

Estúdios da Record TV em Salvador ameaçam pegar fogo e provoca correria

José Eduardo revela que estúdios ameaçaram pegar fogo na Record TV (Reprodução)

José Eduardo revela que estúdios ameaçaram pegar fogo na Record TV (Reprodução)

Os profissionais da Record Itapoan, afiliada da Record TV em Salvador, passaram por um grande susto nesta quarta-feira (13). Os estúdios da emissora ameaçaram pegar fogo após um princípio de incêndio provocado por um curto-circuito. As informações são do site Natelinha.

Segundo a publicação, o princípio de incêndio ocorreu por volta das 13h, enquanto Balanço Geral BA estava no ar. O problema fez com que links ao vivo com repórteres e reportagens fossem exibidos sem os comentários do âncora, José Eduardo, que precisou sair do estúdio.

Posteriormente, José Eduardo, conhecido como Bocão na Record TV, entra ao vivo na porta da emissora, fora do estúdio. Ele relatou o que houve e informou que estava tudo bem. A brigada de incêndio agiu rapidamente e apagou o fogo.

“Senti o cheiro forte de fio queimado. Quando começou a ficar pior, a equipe de bombeiros chegou e apagou o incêndio rapidamente”, explicou o apresentador ao site Natelinha.

José Eduardo voltou aos estúdios 20 minutos depois do princípio de incêndio.

Sede da Record TV no Rio é inundada por água

Não é a primeira vez que uma das sedes da Record passa por problemas estruturais. Em novembro do ano passado, alguns espaços da Record Rio, filial da emissora no Rio de Janeiro, foram inundados por água após as fortes chuvas que atingiram a cidade.

Um dos locais mais atingidos foi a redação, em que os jornalistas precisaram ocupar outros lugares para realizarem suas tarefas.  As ilhas de edição também foram as mais prejudicadas. Na época, os profissionais ficaram preocupados, já que precisavam gerar materiais suficientes para ocupar espaço em programas de longa duração, como o Balanço Geral RJ.

Por causa da inundação, os jornalistas tiveram que gravar os programas em estúdios virtuais. Tino Junior, por exemplo, apresentador do Balanço Geral, por exemplo, entrou no ar em um cenário improvisado, já que seu espaço estava parcialmente alagado.

Top