Mais Você cobre tragédia em Brumadinho, vaza risadas e público detona na web - Portal Overtube Mais Você cobre tragédia em Brumadinho, vaza risadas e público detona na web - Portal Overtube

Mais Você cobre tragédia em Brumadinho, vaza risadas e público detona na web

Mais Você cobre tragédia em Brumadinho (Reprodução/TV Globo)

Mais Você cobre tragédia em Brumadinho (Reprodução/TV Globo)

O Mais Você desta quinta-feira (31) foi alvo de críticas dos internautas nas redes sociais. O matinal da TV Globo segue cobrindo a tragédia em Brumadinho (MG). No entanto, alguns acontecimentos levaram os telespectadores a protestarem na internet.

O repórter Fabrício Battaglini estava em Brumadinho, e conversa com uma moradora do local. Augusta, como é chamada, tentava limpar seu terreno, atingindo pela lama da barragem que rompeu.

Durante a entrevista, a senhora lamentou pelo acidente que vitimou centenas de pessoas. No entanto, algumas declarações do jornalista foram criticadas na web. Em um momento, ele falou que a senhora estava “nas mãos de Deus, traumatizada”. Já em outro, ele explicou que o marido da entrevistada não quis se expor.

“O seu marido pediu para que a gente nem fosse conversar com ele, porque ele está traumatizado”, falou o repórter.

Durante o link ao vivo, também vazou um áudio, provavelmente dos bastidores do estúdio do Mais Você, com pessoas rindo.

Já em Brumadinho, o repórter ainda insistiu em entrevistar o esposo da senhora que estava no local. Contudo, ele se recusou a falar com o jornalista.

“Eu entendo a sua angústia, Fabrício. O homem angustiado com tudo o que tem visto. Continue o seu trabalho e a gente volta a se falar”, finalizou Ana Maria.

Internautas detonam cobertura de tragédia no Mais Você

Nas redes sociais, os internautas detonaram a cobertura do Mais Você. Houve críticas às risadas que vazaram, a repetição de reportagens de outros telejornais e ao repórter no link ao vivo.

Houve também quem dissesse que esse tipo de cobertura não combina com o perfil do programa e só estaria o descaracterizando.

“Totalmente desvirtuado o conceito do programa com essa repetição de reportagens que já estão passando em todos os telejornais!”, escreveu um internauta no Twitter.

“Entrevistar as pessoas, elas não tem o que falar. Mais Você está apelando”, falou outro na rede social.

Confira a repercussão:

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top