Netflix ultrapassa SBT em faturamento e tem mais assinantes que TV paga no Brasil - Portal Overtube Netflix ultrapassa SBT em faturamento e tem mais assinantes que TV paga no Brasil - Portal Overtube

Netflix ultrapassa SBT em faturamento e tem mais assinantes que TV paga no Brasil

Netflix (Foto: Reprodução)

Netflix (Foto: Reprodução)

A Netflix vem cativando seu espaço no Brasil a passos largos. A plataforma de streaming já tem no país 6% do seu total de assinantes no mundo todo e já ultrapassa o SBT em faturamento, segundo o colunista Ricardo Feltrin, do Uol.

De acordo com o colunista, a Netflix irá encerrar 2018 com uma base de 8 milhões de assinantes, número superior ao número de assinantes das principais operadoras de TV paga no Brasil, ficando atrás apenas da NET.

Dados de outubro deste ano divulgados pela Anatel apontam a NET/Claro com 8,76 milhões de assinantes; a Sky com 5,242 milhões de assinantes; a Oi com 1,599 milhão de assinantes e a Vivo com 1,591 milhão de assinantes.

Em relação a outros serviços de streaming, a Netflix continua na frente – tem 18% do mercado brasileiro, de acordo com a Business Bureau, seguida do Globoplay com 4% e do Telecine Play e Sky Online, com 3% cada uma.

Mais faturamento que o SBT

A coluna também revelou que a Netflix fatura mais de R$1,4 bilhão por ano, valor próximo ao que fatura a Record e perto de 50% mais que a receita do SBT por ano.

Em 2017, por exemplo, a Globo faturou R$9,78 bilhões, seguida da Record com R$1,845 bilhão e o SBT com R$998 milhões.

O alto faturamento justifica o investimento que a Netflix vem fazendo no Brasil. Além da divulgação de suas produções, a interação com o público nas redes sociais e a contratação de artistas de peso para compor suas produções nacionais, a plataforma de streaming que de uma hora para outra se tornou a queridinha dos brasileiros promete lançar diversas séries originais nacionais nos próximos anos.

Além de novas temporadas de 3% e O Mecanismo e a série Samantha!, a Netflix promete lançar ainda as séries “Coisa Mais Linda”, “Espectros”, “Sintonia”, “Ninguém Está Olhando”, “Cidades Invisíveis”, “A Facção” e “O Escolhido”. O serviço de streaming também lançou em 2017 o seu primeiro filme original brasileiro, “O Matador”.

blank
Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top