Raul Gil critica pegadinhas do João Kléber e Nelson Rubens defende apresentador da RedeTV! - Portal Overtube Raul Gil critica pegadinhas do João Kléber e Nelson Rubens defende apresentador da RedeTV! - Portal Overtube

Raul Gil critica pegadinhas do João Kléber e Nelson Rubens defende apresentador da RedeTV!

Nelson Rubens no Programa Raul Gil (Reprodução/SBT)

Nelson Rubens no Programa Raul Gil (Reprodução/SBT)

Raul Gil recebeu neste sábado (15) o apresentador Nelson Rubens em seu programa no SBT. O jornalista que comanda o TV Fama participou do quadro “Para Quem Você Tira o Chapéu?” e deu opiniões polêmicas sobre alguns famosos.

Em certo momento, quando João Kléber virou assunto do quadro, Raul Gil criticou as pegadinhas promovidas pelo apresentador da RedeTV!. No entanto, Nelson Rubens não hesitou e saiu em defesa do colega de trabalho.

“Mas os caras parecem que são contratados para fazer aquilo”, reclamou Raul Gil, se referindo às pegadinhas exibidas no programa de João Kléber.

Em resposta, Nelson Rubens alfinetou: “O que importa é que o canal do Youtube da RedeTV! é o mais visto do mundo”.

O apresentador do TV Fama se referiu ao fato da RedeTV! ter passado o SBT em número de inscritos no canal do Youtube, fazendo com que a emissora de João Kléber assumisse o posto de canal de televisão mais visto no site de vídeos, impulsionado justamente pelas pegadinhas que Raul Gil criticou.

Desafetos

Na ocasião de sua presença no Programa Raul Gil, no SBT, Nelson Rubens citou alguns desafetos para quem ele não tiraria o chapéu. Celebridades como Latino, Zezé Di Camargo e o jogador Emerson Sheik estão na lista de nomes que não tem a aprovação do jornalista de fofocas.

Outro nome que surpreendeu foi o da cantora e drag queen Pabllo Vittar. “É ele, mas tem que falar ela”, disse Nelson Rubens, que logo se justificou.

“Pabllo Vittar começou na RedeTV com calça curta, cantando música do Michel Jackson. Por causa de algumas declarações que ele deu, eu não tiro. Ele falou que se o Jair Bolsonaro se elegesse, ele deixaria o Brasil. Mas depois mudou de ideia, voltou atrás”, contou. “Ainda bem que ele se arrependeu, porque é um brasileiro e agora vai começar uma carreira internacional. Ainda bem que existe a correção”, finalizou.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top