Record fura Globo e mostra vídeo do rompimento da barragem de Brumadinho; assista - Portal Overtube Record fura Globo e mostra vídeo do rompimento da barragem de Brumadinho; assista - Portal Overtube

Record fura Globo e mostra vídeo do rompimento da barragem de Brumadinho; assista

Funcionários da mina correm no momento do rompimento da barragem em Brumadinho (Reprodução/Record TV)

Funcionários da mina correm no momento do rompimento da barragem em Brumadinho (Reprodução/Record TV)

A Record TV furou a Globo e teve acesso exclusivo a vídeos que mostram o momento exato do rompimento da barragem em Brumadinho. O acidente aconteceu na última sexta-feira, 25 de janeiro, por volta das 13h.

Uma barragem de rejeitos de minérios operada pela Vale se rompeu e um mar de lama cobriu a cidade. A Record TV levou ao ar o seu plantão do jornalismo e exibiu trechos dos vídeos.

Nas imagens, ouve-se o barulho do momento em que a barragem se rompe. Os funcionários da Vale que estão no local ficam desnorteados e a poeira começa a tomar conta do local. Desesperados, começam a correr em busca de um local para se abrigar. Outros pegam carros e aceleram para fugir da lama que invade o local.

As imagens na íntegra serão exibidas no programa Cidade Alerta desta quarta-feira (30).

Confira o vídeo:

Como está a situação em Brumadinho

O mar de lama que invadiu Brumadinho após o rompimento da barragem de rejeitos na mina do Córrego do Feijão já vitimou 84 pessoas, encontradas mortas. Outras 276 pessoas estão desaparecidas.

Os bombeiros continuam as buscas por vítimas da tragédia. No entanto, passaram a contar com o uso de uma máscara de proteção respiratória. O mau cheiro dos corpos em decomposição já invade o local das buscas. De acordo com o G1, dezenas de urubus também sobrevoam a área, devido ao mau cheiro na região da mina no Córrego do Feijão.

A assessoria do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou que as máscaras usadas pelos soldados não só evita que eles sintam o mau cheiro dos corpos em decomposição. O equipamento de proteção também tem a função de evitar que sejam inalados resíduos tóxicos e dos equipamentos usados nas buscas.

Dos 84 mortos confirmados até o momento, 51 já foram identificados. Até o fechamento desta publicação, 192 pessoas haviam sido resgatas, 391 localizadas e há ainda 276 pessoas desaparecidas.

Top