Record terá sua própria Mari Palma em boletim de notícias na programação - Portal Overtube Record terá sua própria Mari Palma em boletim de notícias na programação - Portal Overtube

Record terá sua própria Mari Palma em boletim de notícias na programação

Camila Busnello será a Mari Palma da Record (Foto: Reprodução/TV Globo/Record News)

Camila Busnello será a Mari Palma da Record (Foto: Reprodução/TV Globo/Record News)

A Record TV terá em breve sua própria versão da Mari Palma, ex-apresentadora do boletim “G1 em 1 Minuto”, da Globo. Atualmente, a jornalista é repórter do “Mais Você”. Na emissora do Bispo Macedo, a função ficará a cargo da jornalista Camila Busnello. Internamente, ela vem sendo chamada como a “Mari Palma da Record”.

A criação de um boletim de notícias é só uma das novidades que a Record vem preparando para o seu jornalismo. Entre elas, a produção de um novo Balanço Geral Manhã, que já vem sendo ensaiado nos bastidores da emissora.

De acordo com o Notícias da TV, o boletim de notícias da Record terá um minuto de duração, assim como o da Globo. Contudo, as semelhanças não param por aí. Da mesma forma que o “G1 em 1 Minuto”, o boletim da Record será exibido direto da redação do portal R7.

Alguns pilotos do boletim de notícias vem sendo gravados na Record. Camila Busnello até publicou uma foto em seu Instagram com os bastidores dos ensaios.

Com a grade diária repleta de jornalismo, a Record ainda procura um espaço na programação para encaixar os boletins. Durante a manhã, o “Hoje em Dia” já é preenchido com jornalismo sob o comando de César Filho. Nas tardes, o Balanço Geral e o Cidade Alerta também fazem essa função.

Jornalista relata tensão em incêndio em afiliada da Record

O jornalista José Eduardo, também conhecido como Bocão, revelou os momentos de tensão que passou na Record Itapoan. A afiliada da Record na Bahia passou por um princípio de incêndio ao vivo, durante o “Balanço Geral” local.

“Coração disparado e as pernas tremendo, todo mundo muito tenso, mas, graças a Deus, só foi um susto”, disse o jornalista ao Uol.

De acordo com Bocão, um cheiro de queimado foi sentido no estúdio e os bombeiros da Record Itapoan foram acionados. No entanto, nada foi detectado. Logo depois, quando exibiam uma reportagem no Balanço Geral, o cheiro aumentou e “pipocas muito fortes” foram escutadas. Neste momento, os funcionários entraram em desespero no estúdio.

“Havia risco de se espalhar pelo cenário. Quando eu percebi que era fogo de verdade, gritei: ‘Fogo! Fogo!’. Houve aquele corre-corre e fomos fazer o jornal da varandinha, do lado de fora. Fizemos um bloco inteiro enquanto os bombeiros resolviam o problema”, revelou.

Ainda de acordo com Bocão, o princípio de incêndio foi rapidamente controlado. Ele relatou que em meia hora “já estava tudo limpo e perfumado”, quando ele então retornou ao estúdio.

“Nunca passei por situação como essa. Foi a primeira vez. Não foi aquele sustão, mas com tudo está acontecendo nesse ano…”, finalizou.

blank
Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top