Ricardo Boechat recusou convite da CNN para renovar com a Band - Portal Overtube Ricardo Boechat recusou convite da CNN para renovar com a Band - Portal Overtube

Ricardo Boechat recusou convite da CNN para renovar com a Band

Ricardo Boechat (Reprodução/Band)

Ricardo Boechat (Reprodução/Band)

O jornalista Ricardo Boechat havia sido procurado pela CNN Brasil antes de renovar seu contrato com a Band. O âncora do Jornal da Band morreu vítima de um acidente de helicóptero nesta segunda-feira (11).

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do Uol, o acordo oferecido pela CNN era três melhor que o fechado com a Band. Contudo, Boechat preferiu manter-se fiel à emissora que o acolheu quando foi demitido do grupo Globo, em 2001.

O contrato de Boechat com a Band foi renovado por mais um ano em dezembro de 2018. Em crise, a Band só vem firmando contratos com prazos curtos.

De acordo com o colunista, a proposta da CNN Brasil ofertava um salário com o triplo do valor pago pela Band atualmente e com duração de três anos. Além disso, Ricardo Boechat se tornaria o principal âncora da CNN Brasil, que deve ser lançada na TV paga na segunda metade de 2019.

Para a CNN Brasil, Ricardo Boechat teria dado a mesma reposta que deu ao SBT em 2017. Disse que não abandonaria a Band numa situação difícil. Sua saída afetaria não só a emissora dos Saad como também profissionais ligados aos trabalhos do jornalista. No entanto, se sentia honrado pelo convite.

CNN Brasil nega convite a Ricardo Boechat

Publicada a nota do colunista tratando do convite da CNN Brasil à Ricardo Boechat, o canal de notícias nega que o convite tenha existido.

“Não houve proposta da CNN  Brasil a Ricardo Boechat. Em dezembro, quando da renovação de seu contrato com a Band (segundo o colunista), não existia o canal nem mesmo a operação. Seria uma enorme honra para a CNN Brasil ter entre seus quadros um dos maiores jornalistas do país, que tinha uma relação próxima com CEO e os vice-presidentes da emissora. Lamentavelmente não houve tempo para que uma proposta ocorresse nos próximos meses.”

Apesar da nota, o colunista Ricardo Feltrin manteve as informações que, segundo ele, foram obtidas por fontes ligadas às partes.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top