Teve o auxílio emergencial negado? Saiba se você pode solicitar novamente - Portal Overtube Teve o auxílio emergencial negado? Saiba se você pode solicitar novamente - Portal Overtube

Teve o auxílio emergencial negado? Saiba se você pode solicitar novamente

O auxílio emergencial está disponível para cadastro na Caixa Econômica Federam (Reprodução)

O auxílio emergencial está disponível para cadastro na Caixa Econômica Federam (Reprodução)

A pandemia do novo coronavírus está mexendo com a economia global. Por conta disso, o governo lançou o auxílio emergencial, que tem como intenção ajudar trabalhadores informais, autônomos e MEIs que ficarão em situação complicada por conta da quarentena.

O site e o aplicativo para o cadastramento dos cidadãos foi lançado pela Caixa Econômica Federal no último dia 7 de abril e os pagamentos foram iniciados alguns dias depois. O benefício vai durar três meses e o valor é de R$ 600. As mulheres que são chefe de família receberão R$ 1,2 mil.

Quem tem direito ao auxílio emergencial

O cidadão maior de 18 anos que esteja desempregado ou exerça atividade na condição de:

  • Microempreendedores individuais (MEI);
  • Contribuinte individual da Previdência Social;
  •  Trabalhador Informal;
  •  Pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo  (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00).

Quem não tem direito?

  • Tenha emprego formal ativo;
  • Pertence à família com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou cuja renda mensal por pessoa maior que meio salário mínimo (R$ 522,50);
  • Está recebendo Seguro Desemprego;
  • Está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;
  • Recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda.

Pedido negado? Você pode recorrer

A Caixa Econômica Federal informou (via portal G1) nesta segunda-feira (20) que os cidadãos que tiveram o pagamento do auxílio emergencial negado poderão recorrer da decisão através do próprio site ou aplicativo do benefício.

A possibilidade de fazer uma nova solicitação ou contestar o resultado da primeira análise da Dataprev está disponível  para todos, inclusive aos trabalhadores já inscritos no Cadastro Único e que não foram considerados elegíveis.

As solicitações serão feitas no site e no aplicativo. Para baixar o app para celulares Android, clique aqui. Para celulares Apple, aqui.

 

Top