Antonia Fontenelle detona reportagem da Globo sobre Klara Castanho: ‘Covarde’

Antonia Fontenelle se defendeu de reportagem do Fantástico sobre o caso Klara Castanho

Antonia Fontenelle se defendeu de reportagem do Fantástico sobre o caso Klara Castanho

Antonia Fontenelle detonou a reportagem exibida no último domingo (26) pelo Fantástico sobre o caso Klara Castanho. A apresentadora da Jovem Pan News não gostou de ver seu nome exposto no jornalístico da Globo e resolveu se pronunciar em seu perfil numa rede social.

Na reportagem exibida pelo Fantástico, o nome de Antonia Fontenelle é citado ao explicar que a apresentadora incitou comentários contra Klara Castanho na web.

“Sem citar o nome da atriz [Klara Castanho], ela disse em uma live, em tom bastante agressivo, que uma atriz de 21 anos teria engravidado e entregue o bebê para adoção”, disse a reportagem sobre Antonia Fontenelle.

Leia também:

Ana Maria Braga apoia Klara Castanho e se posiciona: ‘Indignação’

Jornalista da Globo detona exposição do caso Klara Castanho: ‘É um crime’

‘Covarde’, diz Antonia Fontenelle sobre reportagem

Em seu perfil no Instagram, Antonia Fontenelle fez uma publicação onde se pronuncia sobre a reportagem exibida pelo Fantástico.

“Eu acabei de ver uma matéria, que eu diria covarde, no Fantástico, me atacando, citando meu nome como a vilã de uma história macabra”, escreveu.

Em seguida, ela continuou: “Não fui eu a precursora dessa notícia, já sabia há algum tempo, mas quando todo mundo começou a falar, eu também falei. O vilão dessa história é o estuprador. Que tal a gente ir para o cerne da questão?

“A moça relatou que foi estuprada, mas acho que vocês não estão preocupados com isso, não…Covardia”, provocou a apresentadora, que comanda um talk show na Jovem Pan News.

Na legenda da publicação, ela ainda manda um recado para a repórter do dominical Renata Ceribelli. “Vergonhoso o que você fez, ignorou a parte em que eu ofereço ajuda pra moça porque? Acham mesmo que eu tenho medo de ataques orquestrados? Isso aqui não é sobre esquerda e direita. Isso é sobre vidas ceifadas”, publicou.

 

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top