Antonio Fagundes sobre Regina Duarte no governo Bolsonaro: “Pena de artista que entra nessa" - Portal Overtube Antonio Fagundes sobre Regina Duarte no governo Bolsonaro: “Pena de artista que entra nessa" - Portal Overtube

Antonio Fagundes sobre Regina Duarte no governo Bolsonaro: “Pena de artista que entra nessa”

Antonio Fagundes e Regina Duarte atuaram juntos em Por Amor (Reprodução/TV Globo)

Antonio Fagundes e Regina Duarte atuaram juntos em Por Amor (Reprodução/TV Globo)

A eventual ida de Regina Duarte para a Secretaria de Cultura do governo de Jair Bolsonaro continua rendendo bastante polêmica. Vários artistas já se pronunciaram contra ou a favor da atriz no cargo, e agora foi a vez de Antonio Fagundes dar a sua opinião.

Atualmente, Fagundes atua na novela Bom Sucesso, que chegará ao fim na telinha da Globo na noite desta sexta-feira (24). Procurado pelo jornal O Globo para falar a respeito do desfecho da trama, ele também foi questionado sobre a fala de Roberto Alvim, demitido do cargo que pode ser de Regina em breve.

Na opinião dele, o discurso de Alvim serve para que prestemos mais atenção. “Graças a Deus, nosso sistema é democrático, e o governo acaba em quatro anos. Sobre Regina, tenho sempre pena de artista que entra nessa jogada. Temos tanta coisa para fazer e o jogo sujo da política só pode trazer coisa ruim. Torço para que a Regina não saia queimada.”, garante.

“O fato é que com dotação orçamentária de 0,6% ninguém consegue gerir um patrimônio cultural do tamanho do Brasil. Não falo só de teatro e cinema, mas de patrimônio histórico, museus, sinfônicas, companhias de dança, de circo… Este enorme patrimônio que cria a nossa sociedade e faz com que nos reconheçamos no outro. Governo que destina essa quantia à Cultura não se interessa pelo Brasil. E esta, infelizmente, não é prerrogativa desse governo, acontece desde 1500”, opinou.

O trabalho com Regina Duarte

Regina Duarte e Antonio Fagundes atuaram juntos em algumas ocasiões, sendo a novela Por Amor a mais marcante. O folhetim de Manoel Carlos teve mais uma reexibição no ano passado e voltou a ser sucesso. Na história, eles viviam o casal Atílio e Helena, o mais importante da trama das nove.

Sobre ter trabalhado com Regina, ele faz elogios à parceria que fez com a artista nas ocasiões em que estiveram juntos. “Talvez eu tenha sido o ator que mais fez par romântico com a Regina, foram uns três ou quatro. Sempre foi muito bom, é uma ótima companheira”, diz.

Por falar em Atílio, Fagundes foi questionado se o comportamento de ‘sedutor incorrigível’ seria aceito nos dias de hoje. “Ele tinha delicadeza e gentileza. Fazia saladinha, mandava flores, era romântico. Não lembro de nenhum assédio do Atílio, ele era respeitoso. Acho que esta é uma visão é deformada”, afirma.

“Acho até que ele era delicado demais. Na época, lembro de pensar: ‘meu Deus, o cara faz saladinha’. Talvez, atualmente, fosse criticado pelos homens, porque hoje, infelizmente, quem faz saladinha está apanhando na rua”, afirma, se referindo à homofobia. A entrevista completa pode ser acessada neste link, diretamente do site de O Globo.

Top