Biel é acusado de assédio sexual por repórter e se defende: "Sou apenas um menino que brinca" - Portal Overtube Biel é acusado de assédio sexual por repórter e se defende: "Sou apenas um menino que brinca" - Portal Overtube

Biel é acusado de assédio sexual por repórter e se defende: “Sou apenas um menino que brinca”

O cantor Biel causou polêmica depois de ser acusado de assédio sexual por uma repórter do portal IG. Em matéria publicada pelo portal na última sexta-feira (03), a repórter contou detalhes do ocorrido. De acordo com a repórter, Biel a assediou chamando a moça de 21 anos de “gostosinha” e dizendo que “a quebraria no meio”. O cantor também chamou a repórter de “cuzona” quando ela se recusou a atender uma ligação de um amigo do cantor no meio da entrevista.

Transtornada com a falta de respeito do cantor, a repórter registrou queixa na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo. Em entrevista ao IG, a repórter relatou o caso e ainda disse que toda a situação a deixou muito abalada. “A entrevista terminou, peguei minhas coisas e fui embora. Entrei no táxi e tremia. Aí, comecei a chorar. Lembrei das pessoas da sala que estavam rindo, de tudo que ouvi uma vez, duas vezes, quatro vezes. Quando saí, percebi tudo que aconteceu, e tantas coisas que ouvi em dez minutos e é aí que você percebe o absurdo da situação”desabafou.

Em seu Facebook, Biel postou uma nota esclarecendo o caso e dizendo que tudo não passou de um mal entendido. “Não consigo entender como não levaram na brincadeira, já que estava se tratando de mim. Um cara que perde o amigo, mas não perde a piada. Na entrevista, tivemos um clima totalmente descontraído. Todo mundo ria, como adolescentes que somos”. O cantor ainda negou que seja machista e declarou ser apenas “um menino, menino que brinca, menino sem papas na língua, menino que sorri”.

Nas redes sociais do cantor, varias fãs não pouparam críticas ao comportamento de Biel. Várias delas disseram que o cantor deveria apenas ter se desculpado do ocorrido ao invés de tentar justificar um assédio como “brincadeira”. A repórter confirmou que tem audios e vídeos provando o ocorrido que já foram entregues à polícia e anexados ao caso.

 

Top