Com mansão dada por Gugu revelada, Rose Miriam tem pensão negada por juiz - Portal Overtube Com mansão dada por Gugu revelada, Rose Miriam tem pensão negada por juiz - Portal Overtube

Com mansão dada por Gugu revelada, Rose Miriam tem pensão negada por juiz

Rose Miriam e Gugu Liberato (Reprodução)

Rose Miriam e Gugu Liberato (Reprodução)

A herança do apresentador Gugu Liberato continua rendendo uma grande polêmica. No dia 29 de novembro, data em que seu corpo foi sepultado, o testamento deixado por ele foi lido por toda a família. Nele, consta que 75% dos bens ficarão para os filhos e 25% será dividido entre os sobrinhos.

Chamou a atenção, no entanto, é que Rose Miriam Di Matteo, que era conhecida como companheira dele e mãe de seus filhos, não foi inserida. Com isso, ela decidiu entrar na Justiça pelo direito de ser reconhecida como esposa dela e ter direito a boa parte da herança.

O advogado de Rose Miriam, Nelson Wilians, concedeu uma entrevista para o Fantástico, da Globo, no último domingo (2). Durante a conversa, ele afirmou que a médica estava passando por dificuldades e vivendo à base de empréstimos com amigos e familiares.

Mansão e pensão negada

O site Notícias da TV, entretanto, afirma que, em vida, Gugu Liberato presenteou a mãe dos filhos com uma mansão em São Paulo avaliada entre R$ 4 e 6 milhões. Nesse momento, o imóvel está vazio e, em caso de necessidade, pode ser usado por ela.

A publicação ainda garante que Rose Miriam recebia uma espécie de mesada de R$ 40 mil. Procurado pelo Notícias da TV, Nelson afirmou que a casa foi transferida para os filhos, mas não chegou a comprovar com nenhum documento.

Com relação à mesada, ele diz não ter conhecimento, mas admite que ela recebia dinheiro de Gugu semanalmente. “Toda semana, na segunda-feira, ele depositava o dinheiro para ela. Era o dinheiro da semana para pagar despesas”, explica.

O advogado pediu que uma pensão no valor de R$ 100 mil fosse depositada mensalmente na conta de Rose Miriam. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, no entanto, o juiz José Walter Cardoso, da  9ª Vara da Família e Sucessões de São Paulo, indeferiu o pedido.

Top