Ex-BBB20 Thelma Assis é alvo de comentários racistas em live - Portal Overtube Ex-BBB20 Thelma Assis é alvo de comentários racistas em live - Portal Overtube

Ex-BBB20 Thelma Assis é alvo de comentários racistas em live

Thelma Assis, vencedora do BBB20, em participação no Encontro com Fátima Bernardes (Reprodução/TV Globo)

Thelma Assis, vencedora do BBB20, em participação no Encontro com Fátima Bernardes (Reprodução/TV Globo)

Grande campeã do BBB20, que chegou ao fim em abril na GloboThelma Assis foi mais uma vítima do racismo nesta terça-feira (26). Tudo aconteceu durante sua participação em uma live da revista Glamour, que foi realizada no Instagram.

Enquanto Thelma conversava com Luanda Vieira, editora de moda da publicação, um internauta fez a seguinte declaração: “Essas negras são muito frescas”, disse ele. Ao ser criticado pela postura racista, o rapaz ainda contra-atacou e ofendeu as pessoas. “Vão se fu*** turma da lacração”.

Um perfil no Twitter publicou os prints e desabafou a respeito. “Isso não pode acontecer. Não podemos aceitar, as pessoas acham que internet é terra sem lei e não é! Thelma teve que interromper uma entrevista que era sobre o racismo porque tinham racista na live. Isso não da pra aceitar. THELMA MERECE RESPEITO”, disse ele.

Gizelly Bicalho defende ex-BBB

Gizelly Bicalho, que também fez parte do BBB20, usou sua conta oficial em uma rede social para desabafar a respeito do tema. “Entrei no Twitter e vi o que estava acontecendo com a Thelminha, o que fizeram na live com ela, que estava sofrendo ataques racistas”, iniciou.

“Estava conversando com a Thelminha antes disso pelo Instagram e a chamei no WhatsApp. Falei: ‘Thelminha, estou aqui e realmente assustada com o que o Brasil e o universo está virando. Ontem recebi mensagens e a pior delas foi: Gizelly, você merece ser estuprada. E daí me deparo com essa atrocidade que fizeram com a Thelminha”, desabafou a advogada criminal.

Na sequência, Gizelly continuou a opinar. “Estamos em uma pandemia, que é uma chance de Deus para acordar para a vida e valorizar o que realmente importa. Algumas pessoas não aprendem. Elas jogam ódio, crueldade e racismo nas outras pessoas”.

“Voltei para o mundo, apesar de estar no confinamento obrigatório. E neste confinamento, tenho que ler atrocidades que falam de mim e das pessoas queridas por mim. Queria voltar para dentro da casa e fugir de toda essa maldade, ódio e problemas da vida. Esse mundo de fama tem um preço. O preço é alto. O preço é nunca agradar ninguém. Nada é suficiente para agradar as pessoas. Só que eu desejei muito ser famosa, consegui e agora estou passando pelas dores e delícias de ser uma famosa e as dores são muito fortes”, concluiu.

Top