Hugh Jackman se recusa a viver Wolverine em crossover com Deadpool e é chamado de 'egoísta' por Ryan Reynolds - Portal Overtube Hugh Jackman se recusa a viver Wolverine em crossover com Deadpool e é chamado de 'egoísta' por Ryan Reynolds - Portal Overtube

Hugh Jackman se recusa a viver Wolverine em crossover com Deadpool e é chamado de ‘egoísta’ por Ryan Reynolds

Ryan Reynolds não desiste de crossover de Deadpool com Wolverine, mas Hugh Jackman não pretende aceitar (Reprodução)

Ryan Reynolds não desiste de crossover de Deadpool com Wolverine, mas Hugh Jackman não pretende aceitar (Reprodução)

Os atores Ryan Reynolds e Hugh Jackman estão, aparentemente, enfrentando um ‘climão’ nos bastidores de Hollywood. Ambos fizeram declarações e viraram notícia nos sites especializados nos últimos dias.

Jackman, que durante vários anos interpretou um dos personagens mais famosos do cinema, o Wolverine, concedeu uma entrevista à revista People e afirmou aquilo que já tinha dito alguns anos atrás a respeito de um crossover com Deadpool. “Ryan é implacável. Ele continua me pedindo para voltar de todas as maneiras. Eu apenas digo que não acho que o mundo queira mesmo ver Deadpool e Wolverine juntos. Acho que isto atropelaria o Deadpool”, disse o ator.

Durante a mesma entrevista, o australiano chegou a mencionar que Wolverine deverá aparecer novamente nas telonas agora que a Disney adquiriu da Fox os direitos de X-Men, mas que o papel, dessa vez, não será vivido por ele.

Ryan Reynolds, por sua vez, utilizou a sua conta no Twitter para comentar a notícia. Com apenas uma frase e sem muitos delongas, ele disse: “Vejo que Hugh Jackman não é mais alérgico ao egoísmo”.

Wolverine, nunca mais

Embora Hugh Jackman não tenha a menor intenção de voltar a interpretar Wolverine nos cinemas, o ator não descarta viver outro herói na DC – ou, quem sabe, até mesmo na Marvel.

“Sim, estou aberto a isto, com certeza. Quero dizer, para mim, jamais enxerguei tudo como uma coisa de super-herói. Mesmo quando consegui o papel de Logan e não sabia muito sobre os X-Men e os quadrinhos, achei que eram apenas ótimos personagens. Claro que tinham habilidades extraordinárias, mas eram imperfeitos, e este era o tema dos filmes. Foi por causa disso que as pessoas conseguiram se relacionar”, contou o ator em entrevista à MTV.

Ele aproveitou para elogiar os longas de super-heróis nas telonas. “Sei o que é ser marginalizado. Sei o que é não ser levado a sério ou ser incompreendido, então entendo por que [os filmes] são bem-sucedidos e impressionantes. Certamente superou todas as expectativas. Eles ficam cada vez melhores”, finalizou o ator.

Top