Juju Salimeni revela salário de Panicat no Pânico na TV e valor choca: ‘Explorada’

Juju Salimeni no programa Pânico na TV

Juju Salimeni no programa Pânico na TV

Juju Salimeni revelou quanto ganhava no programa Pânico na TV e chocou pelo valor exposto pela ex-Panicat. Ela trabalhou de 2008 a 2011 como assistente de palco do programa de humor da RedeTV!, que posteriormente migrou para a Band.

O valor do salário de Panicat foi revelado por Juju Salimeni numa entrevista ao podcast PodDelas. “Eu sempre ganhei mais na internet do que na TV, principalmente no Pânico, que era um salário simbólico”, revelou.

Logo depois, ela contou quanto ganhava como assistente de palco: “Era R$ 200 por gravação, pouquíssimo. Era uma fase em que a gente era super explorada”.

Vale lembrar que além de assistente de palco, as Panicats também participavam de reportagens e matérias especiais com desafios que beiravam o absurdo.

“Era uma loucura, tanto de coisa nojenta que a gente comia, quanto lugar que a gente se jogava e aventuras ‘de medo’… hoje eu não faria mais nada”, contou.

Leia também:

Programa de Angélica na HBO Max sai do ar e pode ser cancelado

Esposa de Stênio Garcia tira ator à força de entrevista e é detonada na web

Juju Salimeni revela traumas após trabalhar no Pânico na TV

Juju Salimeni revelou ainda no podcast PodDelas que adquiriu traumas e não consegue repetir situações a que foi submetida durante seu trabalho no programa Pânico na TV.

“Hoje eu sou cagona, tenho medo de tudo. Acho que peguei um trauma que não consigo fazer mais nada. Se me botar num escorregador, tenho medo. Tudo que fiz, não consigo repetir a maioria. Não tenho coragem de fazer mais nada”, relatou.

“Nada que aconteceu naquela fase seria permitido hoje em dia, tanto sobre as conotações das piadas quanto esse questão de trabalho. A gente não tinha contrato, salário, nada. Era largado. Era uma vitrine. A gente pegou uma fase muito boa de eventos. A gente era muito contratada para fazer presença. A gente trabalhava muito com isso, então realmente ganhava bem”, contou a ex-Panicat.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top