Ludmilla e Brunna Gonçalves querem ter um filho por inseminação artificial - Portal Overtube Ludmilla e Brunna Gonçalves querem ter um filho por inseminação artificial - Portal Overtube

Ludmilla e Brunna Gonçalves querem ter um filho por inseminação artificial

Ludmilla e Brunna Gonçalves (Reprodução/Instagram)

Ludmilla e Brunna Gonçalves (Reprodução/Instagram)

A cantora Ludmilla está em um momento extremamente feliz. Além de sua carreira muitíssimo bem-sucedida e repleta de sucessos em todo o Brasil, sua vida pessoal vai de vento em polpa. Ela está casadíssima com a dançarina Brunna Gonçalves, que trabalha com a funkeira.

E as duas estão com grandes planos para o futuro. Brunna revelou durante uma entrevista exclusiva ao portal UOL que as duas estão planejando aumentar a família. Elas pretendem ter um filho, assim que possível, através de uma inseminação artificial.

“Com certeza, quero ter filhos, ainda este ano. Tenho 28 e até os 30 quero ter o meu primeiro filho. O primeiro vou querer gerar no meu ventre e depois podemos adotar. É um processo demorado. Até no máximo ano que vem, quero ter meu filho. Já pesquisamos até uma clínica aqui na Barra”, disse ela.

Semana passada, a dançarina fez uma grande festa em comemoração ao aniversário e também pela conquista de 2 milhões de seguidores em uma rede social. “Foi um sucesso. Todo mundo curtiu muito até de manhã. Foi a festa dos meus sonhos. Aproveitei até o último segundo no salão”, disse.

Felicidade em casal

“Estou muito feliz, porque estou casada e era meu grande sonho casar com a Lud, que é o grande amor da minha vida. Está tudo se encaixando e dando certo, tanto na vida pessoal, quanto na profissional. 2020 começou com o pé direito”, contou a esposa de Ludmilla.

Na sequência, ela explicou que ainda não sabe se abriria mão de dançar ao lado da funkeira, já que sua carreira como digital influencer está cada dia mais forte. “Não quero nem pensar nisso. Só quero parar de dançar quando for ter meu filho. Mas, por enquanto, está dando para conciliar os dois”, garante.

Sobre o casamento, ela explica que, na realidade, as coisas estão bem parecidas. “Não teve muita diferença na prática, porque a gente já morava juntas antes de se casar. Não mudou muita coisa além do peso do status do relacionamento”, completa.

Top