Marcius Melhem sobre ataque ao Porta dos Fundos: "revela um pouco da parte preconceituosa desse país" - Portal Overtube Marcius Melhem sobre ataque ao Porta dos Fundos: "revela um pouco da parte preconceituosa desse país" - Portal Overtube

Marcius Melhem sobre ataque ao Porta dos Fundos: “revela um pouco da parte preconceituosa desse país”

Marcius Melhem falou sobre polêmica em torno do Porta dos Fundos (Foto: Reprodução/TV Globo)

Marcius Melhem falou sobre polêmica em torno do Porta dos Fundos (Foto: Reprodução/TV Globo)

Marcius Melhem, humorista da TV Globo, se pronunciou sobre o ataque sofrido pelo Porta dos Fundos nesta terça-feira (24). A sede da produtora foi alvo de um atentado a bomba – dois coquetéis molotov foram atirados no local que fica no Humaitá, Zona Sul do Rio de Janeiro.

O ataque a sede do Porta dos Fundos acontece após o lançamento do filme “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo” na Netflix. Após a estreia na plataforma de streaming no dia 3 de dezembro, o filme vem sendo criticado por religiosos e conservadores por retratar Jesus Cristo como gay.

Apesar de Marcius Melhem não fazer parte do Porta dos Fundos, o ator e humorista falou com o Extra sobre o ataque sofrido pela produtora.

“Aceitam um Jesus bêbado, mas não aceitam um Jesus gay. A reação revela um pouco da parte preconceituosa desse país”, disse Melhem.

Em seguida, continuou: “qual é o problema se Jesus fosse gay? O ser humano é diverso, então Deus pode ser qualquer um de nós. Se Deus é nossa imagem e semelhança, poderia ser como qualquer um de nós. Por que Cristo tem que ser idealizado sempre do mesmo jeito, branco de olhos claros?”.

Ainda sobre o polêmico filme, uma liminar foi protocolada no Ministério da Justiça pedindo a retirada do especial de natal da Netflix do ar. Contudo, a mesma já foi negada pelo juiz que lembrou que tirar o filme do ar configura “flagrante caso de censura”.

Porta dos Fundos emite nota sobre ataque

O Porta dos Fundos emitiu um comunicado sobre ataque a sua sede no Humaitá. De acordo com a nota oficial emitida pelo grupo, o caso está sendo investigado pela polícia.

No momento em que a sede do grupo sofreu o atentado, nenhum integrante estava presente e o incêndio foi cessado pelos seguranças que estavam presentes no local – confira a íntegra da nota e o pronunciamento de Fábio Porchat e Gregório Duvivier, membros do Porta dos Fundos.

blank
Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top