Sarah Jessica Parker revela ter sofrido assédio de ator nos bastidores de Sex and the City - Portal Overtube Sarah Jessica Parker revela ter sofrido assédio de ator nos bastidores de Sex and the City - Portal Overtube

Sarah Jessica Parker revela ter sofrido assédio de ator nos bastidores de Sex and the City

A atriz Sarah Jessica Parker (Divulgação)

A atriz Sarah Jessica Parker (Divulgação)

Sex and the City é, provavelmente, o trabalho mais notável da atriz Sarah Jessica Parker. Na série da HBO, que foi exibida originalmente em 1998 e 2004 e ganhou dois longa-metragens, ela interpretava Carrie Bradshaw, personagem principal da atração.

Mais de 15 anos depois que o último episódio do seriado foi exibido, a artista fez uma revelação bombástica a respeito dos bastidores do programa. Durante uma entrevista à NPR Fresh Air (via revista Monet), ela afirmou que sofreu assédio durante as gravações.

De acordo com Sarah Jessica Parker, ela procurou os produtores naquela ocasião e afirmou que deixaria Sex and the City por conta do comportamento de um dos atores (cujo nome não foi revelado), que ela chamou de “desconfortável” e “inapropriado”.

O caso foi revelado por conta da forte discussão do movimento #MeToo, que ganhou muita força nos Estados Unidos. Durante a entrevista, a atriz conta que, ainda hoje, consegue enxergar um desequilíbrio de gênero.

“Eu acho que não importa o quão evoluída ou moderna eu pensava que fosse… Eu não me sentia totalmente em posição – não importando qual fosse o meu papel no set – eu não me sentia tão poderosa quanto o homem que estava se comportando inadequadamente”, refletiu a artista.

O assédio em Sex and the City

Sarah Jessica Parker afirmou que parece impressionante poder dizer isso em voz alta, mesmo que em outras ocasiões tudo acontecesse e ela estivesse em uma posição mais poderosa. “Quero dizer, eu tinha todo o direito de dizer: ‘Isso é inadequado’. Eu poderia ter me sentido segura em correr para um superior”.

“E, de fato, houve uma situação com alguém e eu fui ao meu agente – porque eu senti que não era mais capaz de transmitir o quão desconfortável isso estava me deixando, o quão inadequado era. Em poucas horas tudo mudou. Ele disse: ‘Se isso continuar, eu vou dar a ela uma passagem de ida para fora desta cidade’ – onde eu estava filmando – ‘e ela não retornará'”, revelou.

Por fim, Sarah Jessica afirmou que percebeu o que havia sofrido justamente com o início do #MeToo. “Não foi, eu diria, até seis ou oito meses atrás, que comecei a reconhecer inúmeras experiências de homens se comportando de maneira inadequada e de todas as maneiras pelas quais eu tinha conseguido continuar chegando a trabalho ou ficando no set”, concluiu.

[maxbutton id=”2″ ]

Top