Silvio Cerceau revela se mandou indireta para Aguinaldo Silva após demissão da Globo - Portal Overtube Silvio Cerceau revela se mandou indireta para Aguinaldo Silva após demissão da Globo - Portal Overtube

Silvio Cerceau revela se mandou indireta para Aguinaldo Silva após demissão da Globo

Aguinaldo Silva, autor de O Sétimo Guardião, e Sivio Cerceau (Foto: Reprodução)

Aguinaldo Silva, autor de O Sétimo Guardião, e Sivio Cerceau (Foto: Reprodução)

Globo anunciou na última quinta-feira (2) a demissão do autor Aguinaldo Silva. Depois de mais de 40 anos de serviços prestados à emissora, ele não teve seu contrato renovado. Seu vínculo atual se encerrará ainda em 2020.

No mesmo dia da demissão, Silvio Cerceau, ex-aluno do curso de Aguinaldo, fez algumas publicações em sua rede social. O escritor foi um dos responsável pelo processo sofrido pelo novelista, que foi acusado de plagiar a história de O Sétimo Guardião.

Na rede social, Silvio acabou gerando burburinho ao publicar uma mensagem dizendo estar “rindo horrores”, mas sem citar nomes. Mais tarde, no entanto, ele acabou se arrependendo da publicação e a excluiu de seu perfil, mas substituiu por outra.

Dessa vez ele pegou mais leve. “Cada um colhe o que planta”, afirmou. Nos comentários, os seguidores comentaram. “Verdade! Alguns colherão frutos, outros nada”, afirmou um. “Sim! Concordo plenamente, esperei por esse momento da mesma forma que você”, disse outro, aos risos.

Cerceau nega indireta

Em conversa com o site NaTelinha, Silvio Cerceau garante não ter enviado indireta a Aguinaldo silva, além de afirmar que não existe qualquer rivalidade entre os dois e que ninguém tem o direito de tirar do autor seu título de campeão de audiência.

“Quando fiz a publicação, eu nem sabia do ocorrido. Não foi indireta. Eu sempre posto frases reflexivas nas minhas redes sociais e geralmente essas frases acabam servindo para algumas pessoas e coincidindo com algumas situações. Eu não me referi à ele. As pessoas, que sei lá por qual motivo, estão ligando os fatos. Causando intrigas onde não existe”, disse ele.

Depois, ele analisa a saída do autor da Globo. “Olha, tudo na vida tem começo e fim. Acho que é um fato normal entre qualquer empresa e seu colaborador. Todo trabalhador um dia se aposenta, muda de emprego e por aí vai. É o curso normal da vida. Chegadas e partidas”, seguiu.

“O processo segue os trâmites normais. Devido a grande demanda judicial a situação é lenta e agora cabe aos advogados cuidarem de tudo. Quando houver o desfecho final certamente será divulgado, já que o processo é público e não corre em segredo de justiça”, afirmou sobre o processo.

Por fim, ele falou que “o maior vilão da história” segue impune, mas não revelou de quem estava se referindo. “Eu sempre luto pelos meus direitos e se eu tiver de brigar por isso, eu brigo mesmo, sem medo porque ao final a verdade prevalece. Ele continua impune, escondido atrás de Aguinaldo Silva, enganando e matando os sonhos das pessoas”, afirmou.

Top