Apoiador de Bolsonaro, Alexandre Garcia revela se deixou a Globo por pressão política - Portal Overtube Apoiador de Bolsonaro, Alexandre Garcia revela se deixou a Globo por pressão política - Portal Overtube
Você está lendo
Página inicial > Fofocas dos Famosos > Apoiador de Bolsonaro, Alexandre Garcia revela se deixou a Globo por pressão política

Apoiador de Bolsonaro, Alexandre Garcia revela se deixou a Globo por pressão política

Alexandre Garcia (Reprodução/TV Globo)

Alexandre Garcia (Reprodução/TV Globo)

Um dos jornalistas mais antigo do Brasil, Alexandre Garcia deixou a Globo no fim do ano passado, depois de anos de serviços prestados. E foi justamente na ocasião da eleição de Jair Bolsonaro como presidente.

Alexandre sempre teve um posicionamento político alinhado à direita brasileira. Não é à toa que chegou até a ser cogitado como ministro da Comunicação do atual governo, apoiado por ele, o que acabou não acontecendo.

O profissional foi entrevistado por Marcelo Bonfá para seu canal no YouTube. Durante o papo, foi questionado se suas declarações polêmicas a respeito de política tenham sido as responsáveis por sua saída da emissora carioca.

Ele conta que não ficou sabendo. “O Orestes Quércia [1938-2010] uma vez me disse que se queixou de mim para o doutor Roberto Marinho [1904-2003], pro Roberto Irineu, pro João Roberto. E eu respondi: ‘Engraçado, eu não fiquei sabendo’. Ele ficou sem graça. Mas, se de fato se queixou, e ele disse que sim, eu não fiquei sabendo mesmo”, garantiu.

Alexandre Garcia conta que sempre teve liberdade para opinar durante suas entradas na Globo e diz que nunca foi advertido. “Lembro de uma ocasião que o João Roberto Marinho me disse: ‘Olha, eu sou seu fã, concordo com tudo o que você diz. E, se eu não concordasse, isso não teria importância'”, relembrou.

“Ele um dia me perguntou: ‘Garcia, os políticos não se queixam do que você diz?’. E eu falei: ‘Doutor Roberto, se eles se queixassem o senhor seria o primeiro a saber, não eu’. Nunca houve nenhum tipo de sugestão, ‘diga isso’, ‘não diga aquilo'”, garantiu o jornalista.

Volta à TV

Atuando nesse momento em um canal no YouTube, Garcia diz que não pretende voltar à TV. Ele explica que foi uma etapa que passou e diz estar muito feliz agora. “Por que eu vou abrir mão de alguma coisa que está me dando muita satisfação nessa altura da vida?”, questiona ele, aos 79 anos.

“E estou muito feliz, não estou aposentado, não estou de cabeça baixa, não. Estou vendo coisas novas, fazendo novas amizades… Dos velhos amigos a gente já conhece o papo, né?”, brincou o jornalista.

Durante a entrevista, ele confirmou que, de fato, foi convidado a trabalhar na CNN. Ele conta, no entanto, que tem um contrato com a Globo. “Há uma quarentena que é absolutamente normal. Com isso, me dá tempo de ver como estou me sentindo. Será que vou ficar infeliz com o YouTube?”, diz ele, satisfeito com sua placa de prata, de R$ 100 mil inscritos.

“Eu tenho um período, digamos, legal para pensar. Então eu vou pensar. As pessoas me escrevem, cobram. ‘Ah, você devia ir pra CNN’. Está bom, obrigado, acho que a pessoa está bem intencionada. Elas esperam que eu volte para a TV, mas eu não espero voltar”, concluiu, aos risos.

Veja a entrevista completa:

Top