Morre, aos 64 anos, o ator e diretor Jorge Fernando - Portal Overtube Morre, aos 64 anos, o ator e diretor Jorge Fernando - Portal Overtube

Morre, aos 64 anos, o ator e diretor Jorge Fernando

O ator e diretor Jorge Fernando (Reprodução/TV Globo)

O ator e diretor Jorge Fernando (Reprodução/TV Globo)

O Brasil perdeu na noite deste domingo (26) o ator e diretor Jorge Fernando, conhecido por seus tantos trabalhos na TV Globo. O artista tinha 64 anos de idade e estava internado no Hospital CopaStar, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

De acordo com o portal G1, o hospital afirmou através de uma nota que ele morreu depois de dar entrada no fim da tarde de domingo, depois de uma parada cardíaca “em decorrência de uma dissecção de aorta completa”.

Jorge Fernando ficou afastado das câmeras por quase dois anos. No início de 2017, ele sofreu um AVC e vinha se recuperando das sequelas nos últimos meses. Seu último trabalho na emissora carioca foi na novela Verão 90.

O velório do diretor e ator está marcado para acontecer nesta terça-feira (29), no Cemitério do Caju, também no Rio de Janeiro. O público terá acesso ao local entre às 8h e 10h da manhã. Depois, apenas família e amigos próximos poderão participar.

A carreira de Jorge Fernando

A estreia de Jorge como ator aconteceu em 1978, já na Globo, em Ciranda, Cirandinha. Nos anos 1980 ele participou de vários outros trabalhos, agora como diretor. De lá pra cá, foram 34 projetos entre minisséries, novelas e seriados.

O profissional trabalhou como diretor em diversas e conhecidas novelas como Guerra dos Sexos (1983), Brega & Chique (1987). Que Rei Sou Eu (1989), Vamp (1991), A Próxima Vítima (1995) e Era Uma Vez (1998).

Nos anos 2000 ele também esteve por trás de grandes sucessos da emissora carioca, como os fenômenos do horário das 18h Chocolate com Pimenta (2004) e Alma Gêmea (2005), ambas escritas por Walcyr Carrasco.

Ele também trabalhou em outras tramas de bastante repercussão como Sete Pecados (2007), Caras & Bocas (2009), Ti Ti Ti (2010), o remake de Guerra dos Sexos (2012), Alto Astral (2014) e Êta Mundo Bom! (2016).

Top