Yudi Tamashiro sobre o Bom Dia & Cia: “Chamava o desenho e ia vomitar” - Portal Overtube Yudi Tamashiro sobre o Bom Dia & Cia: “Chamava o desenho e ia vomitar” - Portal Overtube

Yudi Tamashiro sobre o Bom Dia & Cia: “Chamava o desenho e ia vomitar”

O cantor Yudi Tamashiro (Reprodução/Instagram)

O cantor Yudi Tamashiro (Reprodução/Instagram)

Yudi Tamashiro ficou conhecido do público na ocasião em que era um dos apresentadores do Bom Dia & Cia. O artista foi crescendo o chegou a participar de uma das edições do reality A Fazenda, da Record.

Na última segunda-feira (4), o cantor esteve no programa Superpop, exibido na RedeTV!, e conversou com a apresentadora Luciana Gimenez. Yudi fez algumas revelações durante o papo e chegou a contar que curtia muitas noitadas antes de ir para o SBT.

“Droga eu nunca me envolvi, não tive curiosidade e nunca gostei, até porque a minha turma, do sertanejo, não usava droga, gostava de beber. Como eu trabalhava muito, o tempo que eu tinha, tinha que aproveitar. Tenho das 23h às 5h, é o tempo que tenho para ficar louco e arregaçar tudo” contou.

Problemas nos bastidores

Depois, ele comentou que o jovem de 18 anos tem muito pique. “Ficava três dias virado direto, e sem droga, era só bebida. Melhorava e ia de novo. Saía da balada, pegava as meninas e levava para minha casa. Deixava elas dormindo, voltava do programa, elas estavam na sala e eu: ‘qual seu nome mesmo, menina?’. Eu sem dormir e a gente saía de novo”, revelou.

O ex-Bom Dia & Cia também revelou que passou por momentos complicados nos bastidores da atração infantil. “Eu vomitava, cheguei num nível que chamava o desenho e corria pro banheiro para vomitar. Vi a minha vida indo pro ralo”, disse, em tom de desabafo.

“Essas coisas mexiam um pouco comigo. Não me arrependo pois tudo o que vivi foi um forte testemunho e tudo o que eu passei serviu de exemplo para outros jovens. Tudo aquilo era uma forma de eu buscar uma felicidade por tanta cobrança, esforço e responsabilidade. Meus pais largaram os empregos para viver a minha vida, eu precisava deles do meu lado. Eu sentia que tinha uma grande responsabilidade”.

Top