Acusado de fazer propaganda política na Globo, Rodrigo Bocardi desabafa ao vivo - Portal Overtube Acusado de fazer propaganda política na Globo, Rodrigo Bocardi desabafa ao vivo - Portal Overtube

Acusado de fazer propaganda política na Globo, Rodrigo Bocardi desabafa ao vivo

O jornalista Rodrigo Bocardi no Bom Dia São Paulo (Imagem: Reprodução/GloboPlay)

O jornalista Rodrigo Bocardi no Bom Dia São Paulo (Imagem: Reprodução/GloboPlay)

O jornalista Rodrigo Bocardi, que comanda o Bom Dia São Paulo, na Globo, passou por uma situação constrangedora nesta sexta-feira (13). Isso porque ele, que costuma sempre ler mensagens enviadas pelos internautas das redes sociais, sofreu uma acusação de fazer propaganda política.

Tudo aconteceu enquanto ele conversava com o repórter Rômulo D’Avila, que estava no famoso Globocop. Com bastante bom humor, ele brincou a respeito do lado direito dos aviões com rotas internacionais, onde ficam os passageiros das classes econômicas. Enquanto isso, a primeira classe fica do lado esquerdo.

“Globocop aqui no ar, Rômulo D’Avila desfrutando daquele belo serviço de bordo, apreciando a cidade lá do alto. Não se acostuma, não. Porque o dia de amanhã é pé no chão e vamos para o busão. Não se iluda. Uma vez só a gente entra no avião e vai para a esquerda. Porque a maior parte da vida é caindo para a direita e quem sabe do que eu estou falando é dureza”, afirmou o âncora.

Veja também:

Neto detona Bolsonaro após fala polêmica: “Somos um povo de maricas?”

Felipe Neto perde R$ 17 mil em duas horas e vira piada: “Triste por você”

Um Amor de Tesouro – Quarta-feira (18)

Bocardi desabafou

Mais tarde, Rodrigo Bocardi decidiu ler a mensagem de um internauta que, nas redes sociais, fez uma acusação. “Nossa, gente. Fala sério! Estou lendo uma mensagem aqui, do Rafael Ourives, e olha: ‘Essa analogia de avião virar para esquerda e para a direita foi podre. Fazer propaganda política fora de horário eleitoral'”, disse ele, surpreso e incomodado.

“Rafael, por favor, me deixa esclarecer antes que alguém pense alguma coisa: Você virar para a esquerda em um avião é virar para a primeira classe, aquele espação. E virar para a direita você está indo para a classe econômica, aquele aperto que todo mundo sabe”, explicou.

Na sequência, Bocardi ainda soltou uma alfinetada. “É simplesmente assim. Uma vez sentado na esquerda, para você voltar a sentar na direita é uma dureza só. Vamos parar de ficar botando minhoca na cabeça, gente! Que isso! Rafael, você está enxergando coisa que não existe, hein, Rafael?!”, disparou.

Ao chamar D’Avila mais uma vez, o apresentador voltou ao tema. “Rômulo D’Avila, está ligado nesse movimento, né? Uma vez que você vai para a esquerda, entrar na direita fica difícil, naquele aperto. Todo mundo quer aquele conforto da poltrona maior. É ou não é?”, questionou ele. O repórter saiu pela tangente.

Top