Afiliada da Globo faz demissão em massa e jornalistas são desligados - Portal Overtube Afiliada da Globo faz demissão em massa e jornalistas são desligados - Portal Overtube

Afiliada da Globo faz demissão em massa e jornalistas são desligados

A logo da Globo (Imagem: Reprodução)

A logo da Globo (Imagem: Reprodução)

Rede Vanguarda, afiliada da Globo no interior de São Paulo, iniciou a semana fazendo uma demissão em massa. A informação é do site Notícias da TV, que revela que tudo aconteceu nesta segunda-feira (3) e mais de 20 funcionários foram desligados.

Segundo a publicação, a Medida Provisória 936, que previa estabilidade aos funcionários que tiveram seus salários reduzidos em 25% nos últimos meses, foi ignorada. Eles deveriam ter o emprego garantido e o salário integral pelo mesmo período.

Dono da Vanguarda, José Bonifácio de Oliveira, mais conhecido como Boni, garantiu que as demissões estavam programadas. Segundo ele, demissões e admissões estão acontecendo seguindo o fluxo normal.

Boni afirma que o turnover, termo usado pelos departamentos de Recursos Humanos das empresas para falar sobre rotatividade de funcionários, é de 20 pessoas anualmente. “10% da folha de pagamento. Esse ano o número foi mantido só que concentrado em um mesmo período”, garantiu.

Lei foi respeitada

O dono da afiliada da Globo ainda disse que a lei foi respeitada. “Nem poderia ser diferente porque o Ministério Público do Trabalho não a aceitaria. Saem agora mas recebem até o tempo determinado pela lei”, diz.

“Provavelmente até outubro como disposto. Confundem com a extensão do prazo que se refere aos que continuarem trabalhando com desconto, o que não é o caso deles. E ainda estendemos prazo de plano de saúde até o final do ano. E assumiremos casos de emergência”, afirmou.

Entre os demitidos estão a repórter Karen Schmidt e o apresentador Carlos Abranches. Bonifácio diz que novos desligamentos não vão acontecer. “As dificuldades são passageiras e são as mesma que a maioria das atividades está sofrendo. Mas a Vanguarda investirá esse ano em outras tecnologias devido em alterações do comportamento do mercado”, finalizou Boni.

Uma fonte do Notícias da TV afirma que a emissora alegou que o motivo dos desligamentos foi a crise financeira causada pela pandemia do novo coronavírus.

Top