Ameaçada de morte, Fabíola Gadelha andava escoltada pela Record em Manaus - Portal Overtube Ameaçada de morte, Fabíola Gadelha andava escoltada pela Record em Manaus - Portal Overtube

Ameaçada de morte, Fabíola Gadelha andava escoltada pela Record em Manaus

Fabiola Gadelha sai de São Paulo e vai para Manaus (Divulgação)

Fabiola Gadelha sai de São Paulo e vai para Manaus (Divulgação)

Fabíola Gadelha passou por momentos de muita tensão nos últimos meses. A contratada da Record foi transferida de São Paulo para Manaus, na tentativa de alavancar os índices da nova afiliada da emissora no Amazonas.

E a moça conseguiu atingir os objetivos do canal e, ainda que ele esteja no distante 36.1 na televisão, levantava a audiência de 2 para incríveis 7 pontos ao apresentar um telejornal policial exibido no horário do almoço.

Apesar do grande sucesso na frente das câmeras, Fabíola passou por maus bocados após sua transferência. De acordo com informações divulgadas pelo site Notícias da TV, a Record montou um forte esquema de segurança para recebê-la.

Durante os cinco meses em que esteve em Manaus, a apresentadora só circulava usando carro blindado, era escoltada por policiais militares e trocava de hotel frequentemente. Tudo por ter sido ameaçada de morte.

Segundo a publicação, a família de Fabíola Gadelha permaneceu distante durante esse tempo e ela viajava para São Paulo durante todos os finais de semana. No fim da semana passada, a contratada da emissora da Barra Funda retornou à capital paulista, agora pra ficar.

Fabíola passará a ser repórter especial do programa Domingo Espetacular. Segundo o site, a moça confidenciou a pessoas próximas que ficou muito aliviada com a decisão, já que sofreu três tentativas de assassinato.

Top